A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, e o vice-prefeito, Dr. Chicão, tiveram os direitos políticos cassados pela Justiça Eleitoral pela quarta vez. A decisão, por quatro votos a três, saiu nesta segunda-feira (24) e foi confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Agora, cabe recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Por enquanto, não há mais detalhes sobre o caso. Ainda não se sabe se a decisão vai implicar que o presidente da Câmara, Edson Batista, assuma a Prefeitura de Campos.

 

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) é referente às eleições de 2012 e cita os crimes de abuso de poder político e econômico, uso indevido de meios de comunicação e propaganda eleitoral irregular.  Um dos motivos do processo é a contratação de milhares de servidores temporários, sem concurso público, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *