Por emtempo, em 23-05-2013 – 13h26

O prefeito de Aperibé, Flávio Gomes de Souza, teve seu diploma cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

A decisão se baseia na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, impetrada pelo Ministério Público Estadual na 34ª Zona Eleitoral de Santo Antônio de Pádua e Aperibé.

Pela sentença proferida pela juíza Cristina Sodré Chaves, além do prefeito, também tiveram os diplomas cassados: Admilson Jorge Bom e Genilson Faria.

A inelegibilidade é de 8 anos.

Veja abaixo, a sentença:

“Sentença (fls. 306/308-v): “(…) Posto isto, JULGO PROCEDENTE, em parte, o pedido inicial para:

1 – CASSAR o diploma dos réus FLÁVIO GOMES DE SOUZA, ADIMILSON JORGE BOM e GENILSON FARIA;

2 – DECLARAR a inelegibilidade dos réus FLÁVIO GOMES DE SOUZA, ADIMILSON JORGE BOM, GENILSON FARIA e DAIANA VOGHAS DAIBES PEREIRA para as eleições que se realizarem nos 08 (oito) anos subsequentes ao pleito do ano de 2012;

3 – IMPOR aos réus FLÁVIO GOMES DE SOUZA, ADIMILSON JORGE BOM e DAIANA VOGAS DAÍBES PEREIRA a multa de 10.000 (dez mil) UFIR para cada um, de acordo com o art. 73, § 4º, da Lei 9.504/97.P.R.I.”

Santo Antônio de Pádua, 21 de maio de 2013.

Cristina Sodré Chaves – Juíza Eleitoral”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *