.

Uma tragédia marcou a noite de quarta-feira (25) no distrito de Valão dos Milagres, em São Fidélis no norte do estado, quando Anderson Rumin Ribeiro, de 21 anos, foi assassinado pelo próprio pai, Vicente Gonçalves Ribeiro, 48 anos, por engano. Em Campos, na mesma noite, Carlos Fabiano dos Santos Gonçalves, de 36 anos foi morto por dois homens em uma moto no parque Guarus. Com mais esse homicídio, em Guarus, sobe para 12 o número de vítimas nos primeiros 25 dias do ano no município.
Segundo a Polícia,  Anderson Rumin Ribeiro, de 21 anos, foi morto a tiros pelo próprio pai, o agricultor Vicente Gonçalves Ribeiro, 48 anos, quando teria ido fazer uma visita. Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrências, o acusado de ser autor dos disparos, havia sofrido ameaças de morte na semana passada, o que o estava deixando nervoso e preocupado. Na noite de quarta – feira, quando o crime aconteceu, Vicente Gonçalves, teria se assustado ao se deparar com o filho no sítio onde mora e há várias outras casas de membros da família. Como era noite e estava escuro, o agricultor não teria reconhecido o próprio filho, o que o levou a efetuar dois disparos, de espingarda calibre 12 mm, em direção a cabeça da vítima.

Quando percebeu que havia matado o filho, Vicente teria se desesperado e tentado buscar socorro com vizinhos, quando arrebentou o portão de uma casa, tentando conseguir um carro para levar o filho para o hospital. Em seguido Vicente teria fugido. O corpo de Anderson Rumin foi levado para o IML de Campos, onde foi periciado durante o dia de ontem e liberado para sepultamento. O acusado pelo assassinato, até o final do dia de ontem, ainda não havia sido encontrado e de acordo. De acordo com a polícia as informações dão conta de que ele estaria na zona rural do município, mas ainda não havia sido localizado.

Fonte: Folha da manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *