Trânsito era desviado pela Av. Passos, segundo Centro de Operações.
Motoristas enfrentavam lentidão na região.

foto_7

Servidores da saúde interditavam em protesto a Avenida Rio Branco, no Centro, sentido Aterro do Flamengo, por volta das 12h desta quinta-feira (20). O trânsito era desviado pela Avenida Passos. Motoristas enfrentavam trânsito lento na região, que já era afetado pelas mudanças recentes com o Mergulhão da Praça XV e pela pane nos sinais de trânsito do Rio.

A falha de comunicação nas centrais semafóricas afetava Zona Sul, Centro e Zona Norte na manhã desta quinta. Às 10h30, o Centro de Operações Rio informou que, das 11 centrais semafóricas com problemas, cinco tinham sido normalizadas, segundo informações dos técnicos da CET-Rio.

Essas cinco centrais abrangem as regiões do Méier, Benfica, Cachambi e São Cristóvão. Neste horário, central da Lagoa foi restabelecida e equipes trabalhavam nas centrais de área do Jardim Botânico, Botafogo e Flamengo. Ainda de acordo com a CET-Rio, Centro e Copacabana não foram afetados. No entanto, a Prefeitura do Rio informou que não há previsão para normalização completa dos sinais de trânsito.

O ato é contra a administração de hospitais federais por empresas privadas. Carros da Polícia Militar acompanham o percurso do grupo, que estava vestido de branco e faziam um apitaço.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *