Raquel Nunes e Mário Sérgio Junior

Foto: Tércio Teixeira/Mário Sérgio Junior 

Professores, alunos e representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe-RJ) ocupam, desde a manhã desta segunda-feira (23), a Coordenadoria Regional de Educação do Estado em Campos. O comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Marco Aurélio Louzada, esteve no órgão para negociar com os manifestantes, que decidiram manter a ocupação. Pelo menos 20 policiais e cinco viaturas também estão no local. A coordenadoria está de portas fechadas. Alguns ocupantes chegaram a sair para pegar mantimentos e não puderam retornar.

Cerca de 20 pessoas estão na sede, localizada na rua 1° de maio, no Centro. Os manifestantes informaram que a ocupação visa chamar atenção para as reivindicações de melhorias que os funcionários vêm solicitando para a rede Estadual de Educação.

De acordo com Graciete Santana, eles pretendem ficar no local até que tenha alguma negociação.

— Vamos ficar aqui por tempo indeterminado, até que tenha a resposta ou uma negociação. Nenhum dos pontos que estamos solicitando tem pauta econômica, então todos eles são possíveis de serem resolvidos em um prazo de 24h. Porque do mesmo jeito que se exonera um secretário de educação e se nomeia outro, então a exoneração das professoras pode sair amanhã —, disse a coordenadora geral do SEPE Campos.

Graciete frisa a participação dos alunos durante os atos. “É muito importante o apoio dos alunos, durante a nossa greve, a nossa luta e o que faz é somar com a luta deles também”.

O órgão ocupado faz parte da administração pública estadual e é responsável pela administração de onze municípios da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *