A principal alta na Cesta Básica no mês de agosto ocorreu no Rio de Janeiro de 4,82%.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), ao contrário do que ocorreu em julho, em agosto, das 17 localidades pesquisadas, dez registraram aumento de preços da Cesta Básica. A principal alta na Cesta Básica no mês de agosto ocorreu no Rio de Janeiro de 4,82%.

Em Porto Alegre (4,49%), em Curitiba (2,19%) e em Aracaju e Florianópolis – ambas registraram aumento de 2,2% no preço da cesta básica. Na contramão, tiveram as maiores quedas de preço Fortaleza (-4,13%) e Natal (-1,70%).

As capitais pesquisadas são Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Natal, Porto Alegre, Manaus, Belém, Salvador, Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Vitória, Aracaju e Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *