.

72 horas de paralização da rede municipal de educação

Nascimento revelou que chegou a pedir demissão no fim de semana em que foram publicadas as primeiras denúncias contra a pasta. Segundo ele, a presidente não aceitou.

“Avaliamos [ele e Dilma] que o governo deveria dar uma resposta à sociedade, mas ela [Dilma] não aceitou meu pedido de demissão naquele dia e naquela data. Ao contrário, determinou que conduzisse pessoalmente as sindicâncias”, relatou.

Nascimento afirmou que Dilma determinou que um jato da FAB fosse buscá-lo em Manaus em 3 de julho, um domingo, para que fosse até Brasília conversar com ela sobre as investigações na pasta. “Fui por ela recebido na Granja do Torto. Foi uma conversa reservada e sem testemunhas”, declarou.

Visite Sempre: http://fabriciolirio.com.br/

Fonte: Folha da manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *