Professores da rede estadual continuam em greve

Os profissionais da rede estadual de educação decidiram nesta sexta-feira em assembléia no Rio de Janeiro continuar a greve, iniciada no dia 7 de junho. Professores e funcionários administrativos também continuarão acampados em frente à secretaria estadual de Educação, pelo menos até 3 de agosto, data da próxima assembléia. A categoria rejeitou as propostas do governo feitas na última quinta-feira, durante reunião entre o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) secretários estaduais, o presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Paulo Melo, e parlamentares.
Segundo a diretora do Sepe, em Campos, Graciete Santana, na audiência, o governo condicionou a implementação das propostas mediante o fim da greve, inclusive a antecipação do pagamento da parcela da gratificação Nova Escola de 2012 para 2011. “Há duas semanas, o secretário Risolia anunciou que a antecipação da parcela 2012 ocorreria em agosto, independentemente da continuação do movimento”, disse ela, destacando que durante o recesso nas escolas estaduais, iniciado ontem, ocorrerão dois conselhos ampliados da direção, que terão o encargo de avaliar o andamento das possíveis negociações com o governo estadual. “É uma maneira de não desmobilizar o movimento”.

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *