Foi preso na tarde desta segunda-feira (7), em São Pedro da Aldeia, um dos cinco acusados de terem espancado o empresário Campista, Guilherme Crespo, em agosto, no município de Búzios.

 

José Costa, mais conhecido como Zezé, estava foragido, mas foi encontrado pela Polícia Militar. Zezé, é o acusado de ter agredido Guilherme com uma pedra na cabeça, o que teria provocado o traumatismo craniano deixando o empresário em coma por vários dias, com risco de morte.

 

Relembre aqui o caso:

 

06/08/2016 – Empresário Guilherme Crespo é agredido em Búzios e está em coma

O empresário Guilherme Crespo – genro do dono da empresa de ônibus CamposTur, Luís Lopes – foi internado em coma, com diversos hematomas e traumatismo craniano no Hospital Estadual de Araruama, onde foi operado na manhã de segunda (8). Ele se envolveu em uma briga, por volta das 23h de sábado (6), em um supermercado em Búzios. Guilherme tentou escapar, mas foi alcançado por um grupo e sofreu agressões com barras de ferro, pedaço de madeira e até uma pedra.

 

08/08/2016 – Áudio revela motivo da confusão envolvendo Guilherme Crespo; 

Um áudio que circula em vários grupos de Whatsapp revela o possível motivo da agressão sofrida por Guilherme. Segundo o relato, ele teria comprado bebida no supermercado e após pagar a compra, voltou para dentro da loja para encontrar um amigo. No interior do comércio, um segurança pensou que ele estivesse furtando as garrafas. Foi quando começou a discussão e ele e o amigo saíram da loja. Já do lado de fora, um grupo começou a agredir os rapazes. Eles fugiram, mas entraram em uma rua sem saída. Foi neste momento que as agressões começaram e Guilherme foi atingido na cabeça e desmaiou. O amigo que também foi agredido passa bem.

10/08/2016 – Piora o estado de saúde do empresário Guilherme Crespo           

Piora o estado de saúde de Guilherme. Segundo informações do hospital, a pressão intracraniana aumentou em função dos traumas e ele apresenta quadro febril. Os médicos que o assistem analisam a possibilidade de uma nova cirurgia. Somente depois desta intervenção – e com a melhora do quadro geral – seria possível uma transferência para Campos ou Itaperuna. Guilherme está em coma induzido e, segundo um amigo, é cedo para saber se ele ficará com alguma sequela.

 

11/08/2016 – Agressores de Guilherme Crespo já foram identificados

Guilherme não precisou passar pela cirurgia craniana que estava prevista para quarta (10). Enquanto isso, a Polícia Civil afirmou que os dois principais suspeitos que teriam agredido Guilherme já foram identificados. “Segundo informações da Delegacia de Búzios, estão adiantadas as investigações sobre as agressões sofridas por um homem que teriam sido praticadas por um grupo de pessoas que o acusava de ter assaltado um mercado. Os autores já foram identificados e o caso está sob sigilo. Diligências estão em andamento”, afirmou a nota da Polícia Civil.

 

A reportagem conseguiu contato com o sub-inspetor Paulo, da Guarda Municipal de Búzios, que confirmou que na área existe a presença permanente de dois agentes. Ele não quis comentar a versão de que estes guardas teriam assistido passivamente a confusão, mas garantiu que o comandante Marco Antônio Peres está se inteirando dos fatos e retornaria o contato do Terceira Via. A reportagem aguarda o contato do comandante.

 

11/08/2016 – Guilherme Crespo passa por nova cirurgia e deve sair do coma em 72h  

Guilherme passou por uma segunda cirurgia na quinta (11) e deve sair do coma induzido em até 72h. Segundo um familiar, o procedimento cirúrgico foi necessário porque a pressão intracraniana dele não estava controlada, o que já foi solucionado. Ainda não é possível saber se o empresário ficará com sequelas.

 

12/08/2016 – Justiça decreta prisão de 5 suspeitos de espancarem Guilherme Crespo

A pedido do Ministério Público, a Justiça decretou no fim da tarde de quinta (11) a prisão temporária de cinco suspeitos de participarem do espancamento do empresário. O juiz Marcelo Alberto Chaves Villas, em sua sentença afirmou que nos autos há prova de materialidade, como fotos, filmagens e depoimento de uma das vítimas.

 

12/08/2016  Polícia libera vídeo da agressão a Guilherme

A Polícia Civil divulgou nesta quinta (11), as imagens do momento em que os cinco suspeitos agridem o campista Guilherme. Todos já foram identificados e a Justiça decretou a prisão temporária dos envolvidos. O caso segue sob sigilo. Nas imagens é possível ver que os agressores vão em direção a Guilherme com pedaços de madeiras e barras de ferro. Nesse momento, dois guardas municipais tentam ajudar a vítima, mas saem do campo de visão da câmera de segurança e não aparecem mais na imagem. Em outro trecho, as imagens mostram um dos rapazes agredindo a vítima com uma pedra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *