Condenado a cinco anos e seis meses por desvio de verba e formação de quadrilha durante o período em que foi subsecretário estadual de Trabalho e Renda do Governo Rosinha, Paulo Eduardo Alves Vasconcellos foi preso por policiais da Polinter. O mandado de prisão contra ele foi expedido no dia 6 de agosto pelo desembargador da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, Antonio José Ferreira de Carvalho. Carvalho também é citado em inquérito que apura crime de estelionato.

Esta não é a primeira vez que o ex-secretário de Rosinha é preso. Em 2008, ele foi apanhado na operação “Pecado Capital” que investigou desvios de verbas no valor de R$ 70 milhões. Na ocasião, outros secretários foram detidos, inclusive a prima de Anthony Garotinho, Alcione Athayde, que era subsecretária de Assistência à Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *