Índice mostra que, desde abril, variação positiva vem diminuindo.
No acumulado em 12 meses, preço médio das 7 regiões aumentou 25,5%.

Número de locações de imóveis aumenta no fim de ano em Rio Preto (Foto: Reprodução / TV Tem)Imóveis de um dormitório tiveram a maior alta no
mês, de 1,5% (Foto: Reprodução / TV Tem)

O índice FipeZap Composto, que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em seis municípios e no Distrito Federal, teve alta de 1,1% em janeiro na comparação com dezembro – variação idêntica à registrada no mês anterior.

A variação positiva, no entanto, segue a tendência de desaceleração que vem sendo observada nos últimos meses. Em abril do ano passado, por exemplo, o indicador havia registrado alta de 2,7%, mas, desde então, as altas vêm sendo sucessivamente menores.

No acumulado em 12 meses, o preço médio das sete regiões pesquisadas aumentou 25,5%, reforçando ainda mais a tendência de desaceleração. Para se ter uma ideia, no acumulado de setembro de 2010 a setembro de 2011, a alta estava em 30%

No Rio de Janeiro a desaceleração é mais acentuada, já que caiu de 42%, no acumulado de doze meses de setembro a setembro, para 33% de janeiro a janeiro.

Recife foi a cidade que teve a maior variação em janeiro, com alta de 3,4%. No Distrito Federal, que tem o preço médio do metro quadrado mais caro do país, houve estabilidade de preços no primeiro mês de 2012.

Em São Paulo, o índice registrou alta de 1,2% e, no acumulado em 12 meses, os preços anunciados subiram em média 26%.

A região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição manteve o posto de líder no preço por metro quadrado anunciado na capital paulista, com valor de R$ 9.644, seguida pelo Jardim Paulistano e pela Chácara Itaim.

Os preços no Rio subiram, em média, 1,3% em janeiro. Na divisão por bairros, os valores mais altos seguem sendo registrados no Leblon, onde o metro quadrado anunciado chegou a R$ 17.328 e, em Ipanema, onde o metro quadrado anunciado mediano foi de R$ 15.809.

Considerando todos os bairros pesquisados, o preço médio do metro quadrado em janeiro ficou entre R$ 7.847, no Distrito Federal, e R$ 3.610, em Salvador. Em São Paulo, o valor médio foi de R$ 6.135, e no Rio de Janeiro, R$ 7.589. Na média das sete regiões, o valor do metro quadrado anunciado foi de R$ 6267.

Dormitórios
Em relação ao número de dormitórios, os imóveis com um dormitório tiveram a maior alta no período, de 1,5%, enquanto os de quatro ou mais dormitórios registraram a menor elevação nos preços, de 0,7%.

O índice composto inclui as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Salvador e o Distrito Federal.

 

Fonte: G1 Portal de Notícias da Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *