A construção da ponte da Integração, sobre o rio Paraíba do Sul, que ligará os municípios de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, será concluída até o fim do primeiro semestre de 2017, conforme nova previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). A conclusão da obra, lançada em 2014 pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), foi adiada pela quarta vez.

Segundo Ivan Figueiredo, superintendente do DER, devido à crise financeira, houve um desaceleramento na obra, mas aos poucos o ritmo vai ser normalizado. Ainda de acordo com Ivan, a construção chegou a 55% de execução. “A grave crise financeira que assola o Estado atingiu, sim, a obra, mas em momento nenhum houve paralisação dos trabalhos. Apenas houve uma diminuição no ritmo, que está sendo normalizado aos poucos”, ressaltou.

O trajeto entre São João da Barra e São Francisco, via terrestre, atualmente só é possível passando por Campos. Além de evitar esse deslocamento, a ponte encurtará a distância pela metade entre uma sede e outra dos dois municípios, que é de aproximadamente 90 quilômetros.

Orçada em R$ 105,7 milhões, a ponte conta com 35 pilares, sendo 17 no trecho do rio, 14 em SJB e quatro em São Francisco. Na última quarta-feira (27), uma comitiva da Prefeitura foi ao local para acompanhar o andamento da obra.

Adiamentos — Em agosto do ano passado, Pezão esteve em São Francisco para entrega da Clínica da Família e cravou: “Quero entregar a ponte em maio de 2016”. Com o ritmo das obras abaixo da expectativa, Ivan declarou à Folha em dezembro que a conclusão seria no mês de julho. Já em março deste ano, porém, a previsão de entrega foi adiada novamente, para outubro. Agora, como já previsto na matéria de março, ficou para o próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *