A Polícia Federal e a Corregedoria da Polícia Civil vão investigar as circunstâncias da presença dos três policiais no local da prisão.

No auto de prisão – o documento que registra em detalhes a prisão de Nem – um detalhe chama atenção: a presença de três policiais civis da cidade de Maricá – Região Metropolitana do Rio – que tentaram impedir que o traficante fosse levado para a sede da Polícia Federal.

Um dos policiais se apresentou como delegado e queria que o traficante fosse levado para a 15ª Delegacia da Gávea – um bairro vizinho à Rocinha. Mas disse que não participava de nenhuma operação policial.

A Polícia Federal e a Corregedoria da Polícia Civil vão investigar as circunstâncias da presença dos três policiais no local da prisão. Eles têm depoimento marcado hoje (11) na sede da corregedoria.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/       Fonte: Bom Dia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *