A Polícia Federal deflagra hoje (18) a Operação Sufrágio Sertanejo com o objetivo de desarticular grupos criminosos que exerciam cargos políticos ou disputavam eleições para cargos de prefeito e vereador e que almejavam também tomar conta tanto do Poder Executivo, quanto do Poder Legislativo da cidade de Saquarema, na Região dos Lagos fluminense.

Policiais federais cumprem 5 mandados de prisão e 7 de condução coercitiva expedidos pela 62ª Zona Eleitoral de Saquarema, nos municípios de Saquarema e Cabo Frio/RJ.

As investigações indicam que políticos ocupavam cargos públicos na base do chamado “coronelismo”, muitas vezes cooptando votos em troca de benefícios irregulares. Os investigados realizavam boca de urna e compravam votos, tendo como contrapartida a distribuição de diversos bens, entre eles medicamentos e combustível, fornecimento de atestados médicos e receitas médicas controladas em branco, assim como benefícios em um hospital de grande porte.

Foi detectado também que um líder religioso teria aceitado dinheiro com a finalidade de fazer campanha para candidatos durante ato religioso

Haverá entrevista coletiva, às 09h30, na Delegacia da Polícia Federal em Niterói situada na Praça Fonseca Ramos s/n, Niterói/RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *