PMs e Bombeiros resolvem adiar decisão sobre greve no RJ.

No momento a decisão sobre a manutenção ou suspensão da greve dos agentes de segurança pública do estado do Rio foi adiada para amanhã (13). Informou a Agência Brasil de Notícias.

Neste domingo, 11 de fevereiro de 2012, durante um ato público, na orla de Copacabana, em repúdio às prisões de militares acusados de incitar a greve, os manifestantes agendaram uma assembleia para esta segunda-feira, às 18h, no centro da cidade.

A manifestação teve uma participação tímida de militares. Ainda assim, policiais civis, militares e bombeiros mantiveram o ato que durou quase quatro horas, reafirmando o caráter “pacífico e ordeiro” que o movimento deve manter para ter continuidade e os protestos contra a prisão de vários militares que foram encaminhados ao Presídio de Segurança Máxima Bangu 1.

Adesão da Policia Civil – A representação da categoria hoje está dividida entre os dois sindicatos. Cada entidade contabiliza uma média de 1,5 mil policiais civis filiados. Bandeira criticou o anúncio de suspensão da greve feito ontem (11) pelo diretor jurídico do Sindpol e garantiu que a Polícia Civil continua no movimento. Com informações da Agência Brasil de Notícias.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *