Cientistas querem usar teia de aranha para reconstruir coração

Foto: Martin Gerten/AFP

Quem sofre de insuficiência cardíaca poderá, no futuro, contar com ajuda vinda de um material inesperado. E pegajoso. Cientistas alemães afirmam que pode ser possível reconstruir o tecido do coração a partir da seda de aranha, material elástico e extremamente resistente.

No momento, não existe uma terapia para reverter o dano às células cardíacas provocado por um infarto. Na busca por uma solução, o professor Felix Engel, da Universidade de Erlangen, demonstrou que a seda de aranhas-tecedeiras é particularmente adequada como material base para produzir o tecido cardíaco. Porém, ainda havia um obstáculo: não era possível produzir em laboratório a proteína que dá à seda sua estrutura e resistência, a fibroína, em quantidade e qualidade suficiente.

A ajuda veio de pesquisadores da Universidade de Bayreuth: “Conseguimos produzir uma proteína de seda recombinada da aranha de jardim em maiores quantidades e com a mesma alta qualidade”, disse o professor Dr. Thomas Scheibel, titular da cadeira de Biomateriais da Universidade de Bayreuth.

Assim, a seda pode ser confeccionada em laboratório, fora do corpo das aranhas. As equipes também pesquisaram em conjunto como a proteína construída em laboratório interage com células do coração. A descoberta foi publicada na revista científica Advanced Functional Materials.

A seda de aranha é mais resistente que o nylon, que as fibras sintéticas Kevlar e que todos os outros materiais fibrosos sintéticos. Por isso, ela é um excelente material para confeccionar as chamadas biotintas, com as quais estruturas semelhantes a tecidos podem ser produzidas por impressoras 3D. O trabalho dos pesquisadores e a possibilidade de imprimir as proteínas de seda artificiais nas impressoras 3D são os primeiros passos para produzir tecido cardíaco funcional no futuro.

Reciclável e biodegradável

Scheibel fundou com dois colegas a start-up AMSilk em 2008, que produz biopolímeros de seda de alta qualidade para uso em produtos têxteis, dispositivos médicos e cosméticos. A diferença em relação a outros polímeros sintéticos é que o produzido a partir da seda é totalmente reciclável.

Os pesquisadores de Bayreuth também demonstraram como usar a proteína para revestir implantes mamários, já que a seda é estéril, dificultando a disseminação de bactérias e fungos, e sua proteína é melhor aceita pelo corpo humano do que o silicone. O método funcionou em experimentos com animais, e testes com humanos serão realizados em breve.

“Estou confiante de que a proteína de seda se provará eficaz”, afirma Philip Zeplin, médico especializado em cirurgia plástica e estética da clínica Schlosspark de Ludwigsburg. Ele acredita que o método também será usado futuramente para outros implantes, como próteses vasculares, cateteres de diálise ou válvulas cardíacas.

A fabricante de artigos esportivos Adidas também se interessou no ano passado pela seda de Scheidel. Segundo a empresa, até agora foi produzido apenas um protótipo feito com componentes biodegradáveis. O plano é comercializá-lo futuramente.

Outro benefício das teias de aranha é a duração. Elas sobrevivem por muito tempo, com exemplares de até 500 anos podendo ser encontrados em prédios antigos.

Fonte: G1

Brasileiros ficam em 1º lugar em Olimpíada Internacional de Matemática

Com quatro medalhas conquistadas, o Brasil ficou em primeiro lugar na 7ª Olimpíada de Matemática da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). A disputa aconteceu de 23 a 30 de julho de 2017, na cidade de Porto, em Portugal.

As condecorações foram ganhadas por quatro jovens: Pedro Gomes Cabral, de Pernambuco, e Gabriel Ribeiro Paiva, do Ceará, que receberam a medalha de ouro; e André Hiroshi Koga, de São Paulo, e Eduardo Quirino de Oliveira, do Distrito Federal, levaram a de prata.

A equipe viajou com tutores e, já em Portugal, passou por dois dias de provas. Cada avaliação tinha três problemas matemáticos, e o tempo destinado à resolução era de quatro horas e meia.

“Os problemas são bem diferentes dos que os que se encontram no ensino normal”, diz Pedro Gomes, de 15 anos, que está cursando o primeiro ano colegial, em entrevista à GALILEU. “É necessário explicar cada detalhe da sua solução e a dificuldade é muito alta.”

André Koga e Eduardo Quirino após receberem as medalhas de prata (Foto: Divulgação/IMPA)

Já para Gabriel Paiva, de 14 anos, estudante do 9º ano no ensino fundamental, a preparação foi a parte mais difícil. “Estudei muito e assisti a várias aulas ministradas”, conta. “Depois disso, comecei a treinar de forma intensiva para estar mais bem preparado para realizar a prova.”

Todo esfoço foi recompensando. Além da medalha, o feito será importante para o futuro profissional dos garotos. “Foi uma experiência diferente e boa, pois ganhei novas amizades, aprendi sobre algumas culturas diferentes e ganhei mais experiência com olimpíadas internacionais”, declara Paiva.

Olimpíada
A competição reuniu jovens de diversos países de língua portuguesa: Angola, Brasil Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

O Brasil participa da CPLP desde o ínicio, e já sediou o torneio em 2012 e 2016. Com a vitória deste ano, o país agora possui, no total, 11 medalhas de ouro, 16 pratas e uma de bronze.

Fonte: Revista Galileu Online 

INSS: 168 mil tiveram benefício cancelado

Foto: Ilustração

Quase 80% dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que já passaram pelo pente-fino tiveram o auxílio-doença cancelados. Segundo balanço mais atualizado do Ministério do Desenvolvimento Social, até 4 de agosto haviam sido realizadas 210.649 perícias, que terminaram com 168.396 benefícios cancelados.

Outras 20.304 pessoas que não compareceram ao chamado de revisão também vão deixar de receber o seguro. Além disso, 33.798 auxílios-doença foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 1.892 em auxílio-acidente, 1.105 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício.

Outras 5.458 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional e terão de voltar a trabalhar. A economia estimada com a revisão dos benefícios até agora é de R$ 2,7 bilhões por ano. Ao todo, 530.191 benefícios de auxílio-doença serão revisados.

Perícia

Quem vai ter o benefício revisado pelo INSS receberá uma carta de convocação. Depois disso, o segurado terá cinco dias úteis para agendar a perícia, somente pelo telefone 135.

Aqueles que receberem a carta e não agendarem a perícia terão o benefício suspenso. Os que tiverem o benefício suspenso terão 60 dias para marcar a perícia. Passado este prazo, caso não se manifestem, o auxílio-doença será cortado.

Fonte: Campos24h

Palestra e oficinas de braille e sorobã na Semana de Inclusão da Pessoa com Deficiência

Foto: Rogério Azevedo/Comunicação PMCG

“Cego não precisa de pena. Quem precisa de pena é ave para poder voar. Cego precisa de oportunidade”. A afirmação firme, mas bem-humorada é do professor João José Nunes, que foi um dos palestrantes do primeiro dia de oficinas da Semana de Inclusão da Pessoa com Deficiência, promovida pela Prefeitura de Campos, através da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS). As atividades foram realizadas no Educandário São José do Operário, na tarde desta terça-feira (22). O evento que acontece até sexta-feira (25) é voltado para a capacitação dos servidores da rede municipal e conta com representantes da secretaria de Educação, da Fundação Municipal da Infância e Juventude (Smece), e das superintendências dos Direitos do Idoso e de Justiça.

— A gente pretende dar continuidade a este projeto. Cada instituição que participa da Semana montou uma oficina continuada. A partir de setembro, vai começar aqui, por exemplo, uma oficina mais completa de braille e sorobã. Aqui é uma oficina preliminar. A ideia é que cada participante vire um multiplicador — ressaltou Catharina Barbosa, assessora chefe de Direitos Humanos da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social.

Além da palestra, os participantes tiveram oficinas de braille — um sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão — e sorobã — um instrumento que tem como finalidade a realização de cálculos com grande eficiência e rapidez. O grupo também visitou o Jardim Sensorial, um projeto no qual os assistidos têm contato com todos os sentidos através das plantas.

Apresentação – “Isso aqui é um pouquinho de Brasil, desse Brasil que canta é feliz”. O grupo Vocal, formado de alunos da oficina de práticas musicais, cantaram os versos da música Ary Barroso na recepção dos participantes do evento. “A gente gosta muito de cantar” contou Denise Souza Silva. Ela, que vive na instituição desde os 4 anos, comemorou atividades como a realizada nesta terça.

O Educandário São José Operário trabalha na reabilitação, capacitação e promoção da inclusão de pessoas com deficiência visual em situação de vulnerabilidade econômica. A instituição completou 54 anos em maio de 2017. Hoje, segundo a presidente Cristina Salgado, a maior dificuldade é a inserção dos assistidos no mercado de trabalho. “Nós atuamos pensando na qualificação profissional. Temos 12 professores que são ex-assistidos da casa”, explicou.

Programação – Nesta quarta-feira (23), acontece na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), a partir das 15h, a oficina “Convivendo com as diferenças”, que tem como foco deficiências intelectuais; a Associação de Pais e Amigos de Pessoas Especiais (Apape) recebe na quinta (24), durante todo o dia, várias atividades direcionadas ao transtorno de espectro autista e à encefalopatia. As oficinas têm encerramento na manhã de sexta (25) na Associação de Proteção e Orientação aos Excepcionais (Apoe), com a oficina de libras e lúdico.

Fonte: Comunicação PMCG

Tribunal derruba decisão e libera aumento de combustíveis

O presidente do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), desembargador Hilton Queiroz, atendeu a recurso da Advocacia Geral da União (AGU) e derrubou a decisão de uma juíza de Brasília que havia suspendido o decreto do governo que elevou as alíquotas de PIS/Cofins sobre gasolina, etanol e diesel.

Na prática, com a decisão do TRF-1, a medida do governo volta a valer.

Assinado pelo presidente Michel Temer em 20 de julho, o decreto tem sido questionado na Justiça frequentemente.

Decisões de juízes de primeira instância têm suspendido a medida do governo, mas a AGU tem recorrido e tribunais federais, derrubado essas decisões.

“É intuitivo que, no momento ora vivido pelo Brasil, de desequilíbrio orçamentário, quando o governo trabalha com um orçamento negativo, decisões judiciais, como a que ora se analisa, só servem para agravar as dificuldades da manutenção dos serviços públicos e do funcionamento do aparelho governamental, abrindo brecha para um completo descontrole do país, como um todo”, escreveu o desembargador do TRF-1 na decisão.

Os argumentos do governo

No recurso apresentado ao TRF-1, o governo argumentou que o decreto do presidente Michel Temer faz parte de uma série de medidas adotadas pela União no sentido de “estabelecer o equilíbrio nas contas públicas e a consequente retomada do crescimento econômico”.

“[A elevação do imposto] trata-se de medida imprescindível para que seja viabilizada a arrecadação de aproximadamente R$ 10,4 bilhões entre os meses de julho e dezembro de 2017. A concessão da liminar na referida ação, portanto, representa prejuízo diário de mais de R$ 78 milhões”, argumentou o governo.

Fonte: G1

Vacina contra HPV para jovens de 15 a 26 anos em Campos

Foto: Ilustração

A vacinação vai ser realizada apenas no Centro de Saúde e enquanto durar o estoque

Já está disponível no Centro de Saúde a vacina contra o HPV, para os jovens com idade entre 15 e 26 anos. Segundo a diretora da Vigilância em Saúde, Dra. Andréya Moreira, o setor recebeu comunicado do Governo do Estado nesta segunda-feira (21).

 — Contamos com mil doses da vacina e para ser imunizada a pessoa deve levar a caderneta de vacinação, um documento de identificação e um comprovante de residência. Todos deverão ser cadastrados, tendo o registro nominal para que seja assegurada, por parte do Estado, a complementação do esquema vacinal com as outras duas doses que restarão – ressaltou.

Ainda segundo Dra. Andréya, devido à quantidade limitada de doses disponíveis no município, a vacinação vai ser realizada apenas no Centro de Saúde e enquanto durar o estoque.

A doença é fator de risco nas mulheres para câncer de colo de útero, vulva, ânus, boca, faringe, além de verrugas genitais e outras infecções. No caso dos homens, a vacina tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus.

Fonte: Campos24h

Vendaval tomba árvores, deixa bairros sem luz e semáforos apagados

Após um período de calor intenso, uma frente fria voltou ao município de Campos e trouxe transtornos. Na tarde desta segunda-feira (21), após as fortes rajadas de vento que atingiram a cidade, duas árvores caíram sobre fios de alta tensão, deixando moradores dos bairros Parque São Caetano e Santo Amaro sem energia elétrica. Além disso, a ventania também prejudicou os semáforos de vias da área central, que ficaram apagados. Segundo a Defesa Civil, a previsão era de ventos de 46 km/h na sede do município. Em Farol de São Thomé, os ventos chegaram a 60 km/h, mas não há previsão de ressaca. Ainda era esperada para esta segunda, chuva de 10 milímetros.

De acordo com moradores, na rua Joaquim Tomás de Aquino, no São Caetano, o caso aconteceu por volta das 12h35, quando uma árvore da espécie paineira, de cerca de 12 metros tombou no meio da rua. Agentes do Corpo de Bombeiros informaram que a árvore estava com a raiz podre e, esse fator, somado à ventania, teria ocasionado o incidente. Os veículos que passavam pela via tiveram que desviar pela rua Barão de Miranda.

No Parque Santo Amaro, uma palmeira de um condomínio, localizado na avenida Nilo Peçanha, também tombou e chegou a ficar pendurada em fios de alta tensão. Uma moradora do bairro, que preferiu não se identificar, relatou que o caso aconteceu por volta das 13h. “Ela caiu em cima de um carro que passava na hora, mas graças a Deus só chegou a quebrar o vidro do veículo e não deixou ninguém ferido”, disse. O trânsito chegou a ficar interditado na Nilo Peçanha e precisou ser desviado pela Gumercindo de Freitas e pela avenida 28 de Março.

Por meio de nota, a Defesa Civil Municipal informou que as duas árvores estavam em propriedade particular e o órgão não recebeu nenhum chamado para vistoria, procedimento adotado em casos de risco de queda. O órgão disse ainda que esteve nos bairros e na árvore da Nilo Peçanha, foi constatado comprometimento da base. A Guarda Civil Municipal manteve viaturas no local, fazendo o desvio do trânsito e mantendo a pista isolada, na direção da palmeira.

Até o início da tarde, diversas residências permaneciam sem luz em ambos os bairros. Contatada pela Folha, a Enel Distribuição Rio, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no município, disse que ventos fortes provocaram queda de árvore sobre a rede elétrica, causando interrupção no fornecimento nos bairros Parque São Caetano e Parque Santo Amaro. “A empresa esclarece que o fornecimento do Parque São Caetano já foi normalizado, já no Parque Santo Amaro técnicos trabalham para normalizar o serviço mais rápido possível”.

Semáforos sem funcionar – Além do trânsito interrompido por conta das árvores, problemas com semáforos também causaram transtornos aos motoristas na tarde desta segunda. Os condutores que transitaram pelas vias da área central do município, como avenida Alberto Torres, rua Tenente Coronel Cardoso e Gil de Góes, se depararam com os equipamentos apagados.

Em nota, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) disse que teve ciência de alguns pontos na região da Pelinca, nas proximidades da Câmara Municipal e entre as ruas Conselheiro José Fernandes e Tenente Coronel Cardoso. Todos relacionados à instabilidade dos ventos e à ausência de energia. “A equipe de atendimento aos semáforos foi deslocada para avaliar eventuais outras necessidades e procedimentos a serem adotados”, informou o presidente do IMTT, Renato Siqueira.

Fonte: Folha da Manhã

Diocese de Campos e MPF vão debater corrupção e compra de votos

Corrupção e compra e venda de votos são os temas que o bispo de Campos, Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, e o Procurador da República, Stanley Valeriano da Silva, debatem, em Campos, em 19 de dezembro. O evento é iniciativa da Pastoral da Cidadania da Diocese de Campos e acontecerá a partir das 9h, no Centro Diocesano de Pastoral em Campos.

Em setembro, a Pastoral lança Campanha em favor do Projeto de Emenda Constitucional de Combate a Corrupção. O Padre Márcio André dos Santos Ribeiro está convocando para a assinatura do documento que será encaminhado ao Ministério Público.

Comandante do 4º CBA recebe Medalha Tiradentes do deputado João Peixoto

Foto: Divulgação

Na noite desta sexta-feira (18), o Coronel Luiz Eduardo Firmino dos Santos, foi condecorado com a Medalha Tiradentes, pelo trabalho realizado à frente do 4º Comando de Bombeiro de Área – CBA IV, do Norte e Noroeste Fluminense. A comenda foi concedida pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ, por indicação do Deputado Estadual João Peixoto.

A solenidade de condecoração aconteceu na Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes. O evento foi presidido pelo próprio Deputado João Peixoto e contou com as presenças dos vereadores Igor Pereira e Abu, do Coronel BM Cléber Fernandes dos Santos, do Tenente-Coronel BM Rodolfo Coelho de Souza, do Coronel BM Moacir Pires, do Capitão Jonas, representante da Capitania dos Portos de São João da Barra e da chefe de gabinete do deputado João Peixoto, Dr. Marilena, entre outras autoridades civis e militares.

Em seu discurso, o Coronel Firmino falou da condecoração recebida, agradecendo ao Deputado João Peixoto por sua indicação.

“Sinto-me muito honrado em receber a Medalha Tiradentes, a mais importante condecoração da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, expresso os meus sinceros agradecimentos aos que outorgaram esta honraria, os senhores deputado estaduais da ALERJ. Mais de forma muito especial, agradeço imensamente ao senhor deputado estadual João Peixoto, autor da proposição que horas concretiza. Ser reconhecido com merecimento de tal honraria por um ilustre político  com mais de 25 anos de vida pública e conhecido por sua corajosa atuação em prol dos direitos sociais, me enche ainda mais de emoção e júbilo, agradeço ainda aos ilustres vereadores desta casa, que não mediram esforços em permitir que este dia tão especial para mim pudesse ser realizado na cidade à qual passei a amar como se fosse um verdadeiro filho da terra. Ser agraciado com uma comenda, implica dizer que se dizer que trilhou o caminho correto, e foi com esta retidão que tentei nortear a minha prática profissional por mais de três décadas como servidor público, socorrendo e protegendo de forma impessoal a toda sociedade a qual jurei defender e assegurar os seus mais fieis propósitos”. disse o Coronel Firmino.

O Deputado João Peixoto, por sua vez, ressaltou sua admiração pelo Corpo de Bombeiros e parabenizou o homenageado, destacando as realizações profissionais que o levaram a receber a Comenda.

“Como parlamentar é muito gratificante poder conferir essa homenagem a um componente do Corpo de Bombeiro, a instituição pela qual tenho um imenso carinho e respeito por salvas tantas vidas. O Corpo de Bombeiros é considerada umas das instituições mais respeitadas, querida e aprovada pela sociedade em todo o mundo. O Coronel Firmino a mais de 30 anos faz parte desta instituição, é uma vida inteira dedicada em prol da sociedade, razão pela qual o Estado do Rio de Janeiro através do seu poder constituído em reconhecimento do seu trabalho, profissionalismo e dedicação, concede-lhe a Medalha Tiradentes, receba essa medalha também a toda corporação do nosso estado.” Concluiu o deputado João Peixoto

O vereador Igor Pereira também parabenizou ao coronel por tamanha honraria recebida. “Quero parabenizar ao senhor Coronel Luiz Eduardo Firmino dos Santos por essa honrosa Medalha Tiradentes, e dizer que foi aprovado por unanimidade nesta casa o decreto legislativo de minha autoria para conceder ao Coronel a ordem de mérito Joaquim José da Silva Xavier na qual me honro muito em poder lhe entregar essa homenagem.” Enfatizou o vereador Igor Pereira

Maior comenda da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, a medalha Tiradentes é destinada a premiar personalidades que, além de se destacarem em suas atividades profissionais, tenham prestado relevantes serviços à causa pública do Estado.

Fonte: campos24h

Açúcar do leite materno protege bebês contra infecções, dizem cientistas

Pesquisadores mostram que carboidratos também contribuem para ação protetora do leite materno. Achado pode levar a novas terapias antibacterianas.

 

Há muito tempo, a ciência já sabe sobre o papel benéfico do leite materno na imunidade do bebê. Na amamentação, por exemplo, sabe-se que há transferência de anticorpos e de importantes proteínas de ação antibacteriana.

Mas agora, cientistas da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, perceberam que também os açúcares presentes no leite humano aumentam a proteção passada de mãe para filho.

Segundo pesquisadores, trata-se do primeiro mapeamento sobre a atividade antibacteriana de carboidratos presentes no leite humano. O estudo é particularmente importante porque esses açúcares, ao contrário da maioria dos antibióticos, não são tóxicos.

Os resultados da pesquisa foram apresentados no domingo (20) em reunião anual da ‘American Chemical Society’. O estudo foi coordenado por Steven Townsend, professor-assistente da Universidade de Vanderbilt.

Cientistas estavam procurando diferentes métodos para combater bactérias causadoras de doenças. Toda a ciência, na verdade, está em busca de novas estratégias porque há um problema crescente de saúde pública com o fenômeno da resistência bacteriana a medicamentos.

Pesquisadores, então, decidiram se concentrar sobre os açúcares – que até agora, por serem muito mais difíceis de estudar, foram alvos de poucos estudos.

Como foi o estudo

Primeiro, cientistas coletaram carboidratos de leite humano, também chamados de oligossacarídeos, de várias amostras de doadoras diferentes.

Depois, com uma técnica de espectrometria de massa — que ajuda a identificar moléculas por meio da análise de sua estrutura química – foram identificadas milhares de biomoléculas.

Em seguida, eles adicionaram essas moléculas em cultura de bactérias e observaram o resultado com um microscópio. Eles descobriram que os açúcares de uma amostra quase mataram uma colônia de estreptococo – bactéria comum que costuma ser a causa de diversas infecções em recém-nascidos. Nas demais amostras, houve pelo menos alguma efetividade.

Agora, com demais estudos, a ideia é identificar o que faz com que alguns açúcares sejam mais efetivos que outros e, com isso, desenvolver medicamentos a partir desse benefício do leite materno humano.

Fonte: G1