Por Saulo Pessanha, em 09-04-2013 – 13h53

A prorrogação por mais 90 dias das atividades do Grupo Executivo que trabalha na elaboração da nova Lei Orgânica é considerada importante pelo presidente da Comissão de Legislação Participativa, Mauro Silva (PT do B). “A sociedade ganha mais tempo para dar sugestões”, diz.

Mauro cita que quanto maior for a participação da sociedade, mais valorizada será a nova lei. Até agora foram encaminhadas 62 propostas verbais e 40 por escrito. Todas vão ser apreciadas pelos vereadores e a assessoria jurídica do grupo de trabalho.

Para elaborar a nova Lei Orgânica, houve uma divisão por grupos temáticos, que vão re-colher sugestões. A relatoria estará a cargo de cinco vereadores: o próprio Mauro Silva, Jorge Rangel, Paulo Hirano, Kelinho e Albertinho.

 

A prorrogação por mais 90 dias das atividades do Grupo Executivo que trabalha na elaboração da nova Lei Orgânica é considerada importante pelo presidente da Comissão de Legislação Participativa, Mauro Silva (PT do B). “A sociedade ganha mais tempo para dar sugestões”, diz.

Mauro cita que quanto maior for a participação da sociedade, mais valorizada será a nova lei. Até agora foram encaminhadas 62 propostas verbais e 40 por escrito. Todas vão ser apreciadas pelos vereadores e a assessoria jurídica do grupo de trabalho.

Para elaborar a nova Lei Orgânica, houve uma divisão por grupos temáticos, que vão recolher sugestões. A relatoria estará a cargo de cinco vereadores: o próprio Mauro Silva, Jorge Rangel, Paulo Hirano, Kelinho e Albertinho.

 

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *