Uma afronta aos brasileiros!!! Estatueta do Grammy também paga impostos!!!

Enrico De Paoli, engenheiro de música, ganhou o Grammy Latino 2011 de melhor álbum de Música Popular Brasileira pelo trabalho em Ária, do cantor Djavan.  Além do reconhecimento pelo troféu o carioca ganhou destaque inesperado nas redes sociais após desabafo sobre os impostos brasileiros.

Ao receber em casa no dia 02/02/2012 o prêmio ganho, o carioca percebeu que ela vinha acompanhada de um comprovante de recolhimento de 60% de Imposto de Importação e de 15% de ICMS para o Estado do Rio de Janeiro.

A estatueta cujo valor foi fixado em R$ 35,26 incluindo frete e seguro, acabou sendo tributado em R$ 31,24. A cobrança foi paga pelo remetente, a Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas, mas mesmo assim causou indignação.

Veja a declaração de Paoli no Facebook, ao lado da foto em que mostra o prêmio e o documento de arrecadação. O post foi compartilhado por cerca de 12.500 pessoas e a história se espalhou na internet.

“Por mais que a gente tente amar nosso País e ter orgulho de sermos brasileiros, chega um momento que o desgosto e o nojo são inevitáveis. Para vencer no Brasil, tem de ter muita garra, porque o governo é sempre nosso maior obstáculo”.

“Tributar em qualquer valor uma estatueta do maior prêmio mundial da música simboliza a extorsão e o abuso tributário que todos os brasileiros vivem sem nenhum tipo de retorno”.

O produtor disse que o comentário na rede social não tinha o objetivo de causar alarde e que o tamanho da repercussão surpreendeu. “É sinal de que a indignação não é só minha.”

Em 2011, segundo dados da Receita, a arrecadação federal somou R$ 969,9 bilhões no período, uma alta real de 10,10% ante o ano anterior.

Em 2012, os contribuintes já deram aos cofres públicos cerca de R$ 155 bilhões

Questionada, a Receita Federal afirmou que encomendas enviadas por meio de remessas expressas são sempre tributadas, independentemente da natureza do objeto.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *