O tabuleiro eleitoral sofre uma reviravolta, antes mesmo da maior parte das candidaturas serem homologadas em Campos. No último sábado (23/07), o ex-prefeito Arnaldo Viana (PEN), surpreendeu, informando através do Facebook, que não participaria da convenção do PDT, que anunciou o filho dele, Caio Vianna, como candidato a prefeitura de Campos.

Numa declaração anterior, Arnaldo havia afirmado que o filho ainda precisa adquirir mais experiência para governar a cidade. Divergências  familiares a parte, na tarde desta segunda-feira (25/07), Arnaldo Vianna e Geraldo Pudim (PMDB), estiveram reunidos durante cinco horas no Rio de Janeiro. Pudim e Arnaldo Vianna já foram prefeito e vice, em Campos, e após anos afastados politicamente devem caminhar juntos nas eleições 2016.

Com grande poder de transferência de votos, Arnaldo também pode indicar o vice-prefeito. Seria no caso a vice prefeita, a esposa dele, Edilene Silva (PEN)?

As assessorias tanto de Arnaldo, quanto de Pudim, não revelaram o teor do encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *