Os procuradores do Conselho Superior do Ministério Público do Rio de Janeiro irão decidir na próxima quinta-feira se arquivam ou reabrem o inquérito que investiga o enriquecimento ilícito de Jorge Picciani.

O procurador-geral de Justiça do Rio, Marfan Vieira Martins, assumiu o caso quando Picciani se tornou presidente da Assembleia do Rio, segundo informações do O Globo.

Favoráveis à reabertura do processo, os procuradores Alexandre Schott e Conceição de Oliveira já votaram. Faltam votar Cláudio Viana, Ricardo Martins, Sumaya Helayel, Sérgio Pimentel e Marlon Cordovil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *