“Diga não ao aumento de vagas na Câmara”.

É com esse mote que dois campistas criaram um movimento para impedir que os vereadores aumentem de 17 para 25 as cadeiras no Legislativo. Geovana Almeida, de 38 anos, é professora e, em conjunto com o comerciante Toninho Virgílio, 39, resolveu dar voz à indignação através de uma panfletagem, que será feita nesta quarta-feira, durante o desfile cívico de 7 de Setembro. “Já estamos com um grupo de quase 20 pessoas que apóiam a idéia, mas o movimento é aberto e todos podem participar”, disse Geovana, explicando que “o aumento de vagas apenas serviria para onerar a verba pública”.

— Não há necessidade desse aumento. Os vereadores foram eleitos para fiscalizar o governo e suas ações, mas não é o que vemos acontecer. Se aumentar, teremos mais despesas com assessores e todos os tipos de gastos que eles têm. Ao mesmo tempo em que a prefeita faz um decreto que diminui em 10% os gastos públicos, os vereadores querem aprovar uma mudança que vai apenas gastar mais dinheiro? Nós amamos Campos e não queremos que isso aconteça — disse ela, afirmando que o grupo não tem ligação com nenhum político e os integrantes não almejam vaga política.

Veja: De olho na nova cara da Câmara

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *