Segundo a Polícia Rodoviária Federal, 35% das mortes registradas em BRs são de pessoas que estavam em motos.

Começa nesta sexta-feira (16) a operação fim de ano da Polícia Rodoviária Federal. Já tem muita gente pegando a estrada. A polícia vai apertar a fiscalização, principalmente de olho nos motociclistas. A frota de motos cresceu muito nos últimos anos. É um veículo relativamente barato: gasta pouco combustível e é bastante utilizado para curtas distâncias de até 200 quilômetros.

O problema é que muitos motociclistas não respeitam as leis de trânsito e viajam no acostamento o tempo todo, o que não é permitido – o acostamento só deve ser utilizado em algumas situações. Outros motociclistas viajam com excesso de bagagem. Existe uma lei específica limitando o que pode ser transportado em uma moto.

O resultado é que, no ano passado, segundo a Polícia Rodoviária Federal, 35% das mortes registradas em BRs de todo o país são de pessoas que estavam em motos. Cerca de dois mil motociclistas morreram nas rodovias federais brasileiras no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *