…….

O projeto Minas-Rio, que ligará operações de extração de minério em Minas Gerais ao Porto do Açu, em São João da Barra, por meio de mineroduto, já apresenta 53% da estrutura física (engenharia, suprimentos e obras) pronta, com o primeiro embarque previsto para o segundo semestre de 2013 e a abertura da mina para 2012. O empreendimento, cuja implantação consumirá, ao todo, US$ 5 bilhões, tem 9,5 mil trabalhadores envolvidos nas obras, entre Minas Gerais e Rio de Janeiro. — O mineroduto está ligado ao Porto do Açu. Um é complementar ao outro. Sem o mineroduto não haveria o porto e sem o porto não haveria sentido o mineroduto. Então, todos os benefícios que São João da Barra terá com a construção do Porto do Açu, como o aumento na oferta de empregos e crescimento na arrecadação, estão relacionados de alguma forma ao mineroduto. Entretanto, estamos cientes que toda essa movimentação que virá a partir da operação do porto também pode trazer impactos sociais negativos. Por isso, temos trabalhado desde o primeiro momento para mitigar possíveis efeitos — ressaltou a prefeita de São João da Barra, Carla Machado.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/                 Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *