Hoje vivemos em nossa cidade, Campos do Goytacazes – RJ grandes transformações e incertezas. No passado, a cana de açúcar foi a mola propulsora da economia local. Depois vieram os royalties do petróleo. Sabemos que é uma indenização pelos riscos ambientais e que deveria ser usada somente em prol da população, mas não é o que acontece. O que se vê é um grande desperdício dos recursos no que diz respeito ao custo-beneficio, que pode ser perdido a partir de 2012.

Hoje, devido a má aplicação dos recursos e à irresponsabilidade de políticos gananciosos que estão preocupados mais com o seu próprio umbigo e em fazer politicagem, é que estamos vivendo tempos de duvidas e incertezas, mas, no fim do túnel, surge uma nova esperança de um futuro melhor para nossos filhos: O COMPLEXO DO SUPER PORTO DO AÇÚ. É a promessa de redenção de nossa região.

Mas como tirar bom proveito destas oportunidades que virão? Temos que formar nossa juventude para um mercado de trabalho que já chegou e é muito mal aproveitado pelos jovens e demais trabalhadores em nosso município. Por que estamos importando mão de obra? Até quando isso vai continuar? Vamos dar um basta e fazer deste novo ano o ano da transformação e da mudança.

Cabe a cada um de nós dar a sua parcela de contribuição, discutindo com as associações de bairros as necessidades de especialização de mão de obra e disponibilizar os cursos que atendam a demanda do mercado.

Fazer ouvir a sociedade com a participação em programas ao vivo de rádio e televisão, cobrando do poder público a abertura de cursos de formação e treinamento para as demandas do mercado de forma gratuita e dar mais publicidade na divulgação dos cadastramentos com mais transparência e divulgação dos eventuais contratos já existentes com as instituições de ensino que estão participando destes processos de formação da mão de obra.

Na medida que disponibilizamos mais empregos também para juventude estaremos resolvendo parte de um outro grave problema social: o da dependência química em nossa região, que cresce assustadoramente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *