O objetivo do benefício é universalizar o acesso dos alunos à tecnologia.

Foi anunciado nesta quinta-feira (01/07), pelo Ministro da Educação Fernando Haddad, que no próximo ano, o MEC vai distribuir tablets do tipo prancheta (da espessura de um livro) a escolas públicas do país. O objetivo do benefício, segundo o ministro, é universalizar o acesso dos alunos à tecnologia.

Haddad afirmou que o edital para a compra dos equipamentos será publicado ainda este ano, e que o MEC está investindo em conteúdos digitais educacionais. “O MEC investiu, só no último período, R$ 70 milhões em produção de conteúdos digitais. Temos portais importantes, como o Portal do Professor e o Portal Domínio Público. São 13 mil objetos educacionais digitais disponíveis, cobrindo quase toda a grade do ensino médio e boa parte do ensino fundamental”, ressaltou o Minsitro.

Haddad não soube precisar o volume de tablets que será comprado pelo MEC, mas disse que estaria na casa das “centenas de milhares”. Ele destacou ainda, que a iniciativa está sendo executada em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

“O MEC, neste ano, já publica o edital de tablets, com produção local, totalmente desonerado de impostos, com aval do Ministério da Fazenda. A ordem de grandeza do MEC é de centenas de milhares. Em 2012, já haverá uma escala razoável na distribuição de tablets.”

VISITE SEMPRE:   http://fabriciolirio.com.br       Fonte: Ururau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *