Veja o avanço das forças rebeldes e a situação das tropas fiéis ao ditador Kadhafi.

Nessa guerra de informação, os dois lados tentam convencer sobre a tomada de pontos estratégicos da capital. Para entender como a situação na Líbia está confusa. Eles mostram o avanço das forças rebeldes e a situação das tropas fiéis ao ditador Muammar Kadhafi.  Veja as informações dadas pelo governo de transição no mapa abaixo:

Os pontos em vermelho são as cidades que teriam sido tomadas pelos rebeldes. Os pontos verdes são cidades ainda controladas pelas forças leais a Kadhafi. Os pontos em laranja são cidades ou pontos estratégicos onde a situação continua indefinida, com trocas de tiros e informações conflitantes.

É possível ver a cidade de Trípoli. Os rebeldes afirmam ter tomado o prédio da TV estatal. Um grande complexo, chamado Bab al-Azizia, é onde ficaria a residência de Kadhafi e seu bunker, onde muitos conflitos estariam acontecendo. Esta é a área mais fortificada, onde os rebeldes não conseguiram entrar.

Quando pesamos em ditadura com certeza nos vem a mente cenas de guerra e repressão, como as que temos visto na Líbia. É sem dúvidas este tipo de ditadura é um peso para qualquer nação. Porém, não podemos nos esquecer que existem outros tipos de ditaduras, que não nos apontam uma arma e funcionam no oculto, mas nos oprimem e limita a democracia. Por exemplo, a ditadura econômica que se concretiza quando os detentores do Poder fazem suas próprias leis, mesmo que em detrimento das já existentes, visando implementar seus princípios ideológicos. Diante de tal situação, geralmente, o povo se torna impotente para reagir contra os desmandos e imposições oriundas desses Poderes.

Não é novidade que temos testemunhado, constantemente , toda a sorte de desmandos, corrupção e conchavos que visam a “troca de favores”, tornando impunes aqueles que, sabidamente, participam e/ou se beneficiam desta negociata.  Assim temos que reprimir qualquer tipo de ditadura, pois esta é uma afronta a população e a democracia do nosso país.

E em Campos, você acha que existe alguma ditadura? Bem, ao meu ver enfrentamos a tal “ditadura econômica” onde o funcionarismo público vive com medo, medo dos desmando do governo, medo de trabalhar e não receber, e as empresas com medo de prestar serviços para o governo e levar calote. É o fardo desta ditadura já afetou a rede municipal de educação e os hospitais filantrópicos de Campo que tiveram que realizar paralizações para receber seus direitos. Bem, se isto não configura uma ditadura econômica, então não sei o que é.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/            Fonte:  Bom Dia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *