A Polícia Federal realiza desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (26/10) mais uma operação relacionada ao uso do programa social Cheque Cidadão para compra de votos na eleição deste ano. Segundo as informações iniciais, duas pessoas já foram presas e o o vereador reeleito Kelinho (PR) se apresentou na delegacia da PF com uma advogada.

Policiais estiveram na casa da ex-vereadora e secretária Linda Mara (PTC), mas ela não foi encontrada na residência e alguns documentos foram apreendidos.

Os agentes da PF continuam realizando diligências pela cidade para cumprir mandados de prisão temporária, busca e apreensão e condução coercitiva.

Esta já é a terceira operação da PF envolvendo o Cheque Cidadão. No dia 23 de setembro foi deflagrada a Operação Vale Voto, onde foram presas a secretária de Desenvolvimento Humano e Social da Prefeitura de Campos, Ana Alice Ribeiro Lopes, e a coordenadora do programa Cheque Cidadão, Gisele Koch Soares. Na última quarta-feira (19/10), a Operação Chequinho pendeu os vereadores Miguelito (PSL) e Ozéias (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *