O major da Polícia Militar, Max Alexandre Geraldo de Souza, de 45 anos, morreu na madrugada desta segunda(18), em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O oficial foi chefe de gabinete na Prefeitura de Pádua, assessor jurídico do Hospital Hélio Montezano e procurador do município de Itaocara.
O major estava em seu veículo Hyundai Santa Fé quando foi abordado por criminosos na favela do Dique. O major ainda tentou desviar, mas foi atingido por um disparo. Na tentativa de fugir dos criminosos, Max saiu do veículo e tentou correr, mas foi alcançado pelos criminosos sendo atingido por mais quatro tiros. Max ainda tentou ligar para a Polícia através do 190 e chegou a contar toda a versão citada.
Max chegou a ser encaminhado para o Posto de Assistência Médica Abdon Gonçalves, porém, ao aguardar a transferência para outra unidade hospitalar, Max não resistiu aos ferimentos e veio à óbito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *