.

O senador Magno Malta (PR-ES) relatou em Plenário que na reunião da presidente Dilma Rousseff com a base do governo no Congresso, nesta segunda-feira (7), a presidente sinalizou com uma revisão da divisão dos royalties do petróleo aprovada no Senado e em exame na Câmara dos Deputados.

Segundo Magno Malta, Dilma teria dito que a proposta aprovada – substitutivo do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 448/2011 do senador Wellington Dias (PT-PI) – teria sido “um exagero” e pediu calma a ele. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) também cumprimentou Magno Malta por sua posição em defesa dos estados produtores de petróleo, demonstrando que o projeto aprovado “não foi equilibrado ou razoável”. O senador alertou para perdas de R$ 1,5 bilhão para o estado do Rio de Janeiro e R$ 1,8 bilhão para o município do Rio, em 2012, que levarão ao fechamento de postos de saúde e escolas. Ele disse ainda que os números diferem muito daqueles apresentados por Vital do Rêgo, que teria utilizado dados da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), os quais a presidente Dilma teria percebido serem “inconsistentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *