A aproximação com a poderosa indústria do petróleo é uma das metas do prefeito de  Macaé, Dr. Aluízio. Ele apresentou nesta semana, durante reunião com representantes da Associação Internacional de Empresas de Perfuração (IADC), ações que irão melhorar a infraestrutura da cidade e, assim, gerar um ambiente de negócio positivo e mais qualidade de vida para a população.
As prioridades são mobilidade urbana, segurança, meio ambiente e logística, além de promover o desenvolvimento humano com iniciativas nas áreas de saúde, educação, qualificação profissional e saneamento. A apresentação foi realizada nas instalações da Petrobras, em Imboassica. “A ideia é fornecer para a indústria do petróleo, o melhor ambiente para negócios. Temos que caminhar juntos, empresas e poder público. Em Imboassica, por exemplo, iremos investir em obras de macrodrenagem, este ano. Isso beneficia não só as empresas, como também os trabalhadores que moram nessa cidade”, disse o prefeito.

Para o presidente da IADC no Brasil, Rogério Furtado, a política de relacionamento com a indústria do petróleo é um grande avanço. “A área de Imboassica foi dividida em quatro regiões. A Prefeitura de Macaé, em parceria com as empresas e instituições do setor, tem realizado reuniões pa-ra o levantamento de demandas, acompanhamento e soluções. A iniciativa é uma grande conquista para todos os envolvidos”, acrescentou o executivo.

Com uma população estimada de 217.951pessoas, segundo dados de 2012 do IBGE, o município de Macaé tem, diariamente, uma população flutuante de 50 mil pessoas. “A estrada Norte-Sul e a duplicação de parte da RJ-106 já contribuíram bastante com a melhor fluidez do trânsito. Estamos concluindo as obras do último trecho da Norte-Sul e, com isso, será possível chegar até o final de Imboassica sem precisar acessar à RJ-106. Já a estrada de Santa Tereza vai ligar Imboassica à RJ-168, evitando a circulação de carretas pelo centro da cidade. Também estamos com um convênio com a Prefeitura de Rio das Ostras para duplicação da ponte entre os dois municípios”, ressaltou Dr. Aluízio.

Segundo o prefeito, o Parque Científico e Tecnológico de Macaé integra o plano de governo como uma das ações de desenvolvimento econômico. Será um ambiente de sinergias com as indústrias e as universidades. Em 2013 foi realizada a etapa de projeto e, em 2014, acontece a etapa de implantação. O início das operações está previsto para 2015. “Estamos oferecendo às empresas de petróleo todas as condições de se instalarem em Macaé. A prefeitura se compromete a investir para proporcionar bons  ambientes de negócios para as empresas”, disse o prefeito.

Município tem bons índices de empregos

A geração de empregos e abertura de empresas em Macaé, é superior à média do Estado do Rio. O crescimento demográfico, entre 2000 e 2010, foi de 56,1%. Além disso, a cidade é a quarta com maior participação no ranking industrial, terceira maior renda familiar e quarto maior Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Para acompanhar o desenvolvimento, a gestão municipal tem realizado na área da Educação diversas ações. São 42 mil estudantes em 106 escolas, com 100% das crianças com mais de 4 anos na escola. “Em um pouco mais de um ano de governo, já inauguramos 10 escolas”, frisou o prefeito.

Na área da Saúde, a expansão do Hospital Público Municipal é uma prioridade. Serão 100 novos leitos, sendo 20 vagas na UTI, um aumento de 60 % da capacidade atual de atendimento. Outras medidas são alavancar o setor de oncologia e iniciativas para combater à dengue.

O saneamento básico foi mais uma área destacada pelo prefeito na reunião com os empresário. Dr. Aluízio citou algumas ações de infraestrutura que estão sendo implementadas no município, como a ampliação da rede de fornecimento de água, em parceria com o governo do Estado, e a limpeza de canais. “Há um ano Macaé tinha 0% de esgoto tratado. Vamos chegar a 100% em quatro anos”, enfatizou. (A.N.) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *