O leitor identificado por João Carlos, após ler
um post da blogueira Luciana Portinho, hospedado no site da Folha, fez uma
denúncia envolvendo guarda municipais que cuidam do trânsito nas proximidades do
Mercado Municipal. O leitor postou no comentário que “feirantes têm vagas
cativas para estacionamento (em local proibido), com permissão dos guardas que
ali trabalham. Ele informou ainda que já havia feito denúncia na própria Guarda,
mas nada foi feito.

 

— Soube através de outros guardas, que ali rola o
velho sacolão de compras (inclusive para alguns administrativos), por isso a
turma de plantão no local é “imexível”, já trabalhando ali há bons anos sem
faltar um dia. Todos que atuam no trânsito participam de um rodízio de posto,
mas, estranhamente, só os do Mercado Municipal que não — informou o leitor.

 

Ainda durante o seu comentário o leitor, João
Carlos disse que os guardas costumam impedir a atuação dos reboques nas
imediações do mercado. Ele ainda faz uma série de indagações ao chefe da Guarda
F. Mello. “Por que os guardas não atuam removendo os veículos estacionados
irregularmente (ônibus tem de parar no meio da rua para os usuários descerem!)?
O senhor sabia que adesivos de notificação são colocados nos vidros apenas para
simular multas nos carros de comerciantes? O senhor sabia que os guardas são
presenteados com sacolão de frutas, verduras e peixes? O senhor sabia que os
guardas do local proibiram o reboque de atuar no local? Que poder, hein? Do
jeito que eles estão indo, daqui a pouco assumem a Prefeitura!!!! A Guarda
naquele local não ajuda em nada, só atrapalha, pois quando eles param o trânsito
(menos de 50 metros depois do semáforo), acabam provocando um engarrafamento
gigantesco”, relatou o leitor no seu comentário.

 

Os feirantes do Mercado Municipal, que não
quiseram se identificar, informaram desconhecer essa prática no local.

 

Já a assessoria de comunicação da prefeitura,
enviou um comunicado informando que o coordenador de Segurança e Ordem Pública,
Coronel Alcemir Pascoutto, vai apurar a denúncia e, se for comprovada qualquer
irregularidade envolvendo os guardas municipais, vai tomar as providências
necessárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *