A Justiça de São João da Barra determinou que a folha de pagamento dos funcionários públicos municipais seja apreendida nesta segunda-feira (19). Com a apreensão, será feito um arresto nas contas para que seja pago o 13º salário.

Além disso, o juiz ainda diz que pode pedir o afastamento do Prefeito José Amaro Martins de Souza, conhecido popularmente como Neco (PMDB), conforme foi pedido pelo Ministério Público.

“Em caso de obstáculo ao cumprimento da ordem, apreciarei, imediatamente, o pedido formulado pelo Ministério Público”, diz o Juiz Paulo Maurício Simão Filho em sua decisão expedida nesta segunda.

Se houver uma obstrução Neco será afastado do cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *