Um homem suspeito de ter participação no desaparecimento da diarista Débora dos Santos Moura foi levado à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), na manhã desta quarta-feira (03/08), em Campos.

Segundo informações da delegada titular da Deam, Ana Paula Carvalho, na noite desta terça-feira (02/08) uma denúncia anônima dava conta de que C.E.N., de 35 anos, estaria escondendo em sua residência o principal suspeito do desaparecimento da diarista, o ex-companheiro dela, conhecido como Bruno Lacraia.

Ao chegarem ao local com um mandado de prisão por porte ilegal de arma, a casa foi revistada e nada foi encontrado.

O suspeito foi levado à Deam para esclarecimentos sobre o caso. “Ele diz que desconhece o fato e que não sabe de onde tiraram isso, mas sabemos que ele conhece o Lacraia”, contou a delegada.

O homem de 35 anos estava preso e foi solto no mês de maio deste ano. Segundo a delegada ele já teria passagem por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e tentativa de homicídio.

O DESAPARECIMENTO

O suposto sequestro teria ocorrido por volta das 8h, no momento em que a mulher retornava para casa depois de deixar um de seus três filhos no colégio. Nesse momento, Débora teria sido abordada por Marcos Bruno de Azevedo Carneiro Barbosa, o “Bruno Lacraia”, de 32 anos, que já é considerado foragido da Justiça, e obrigada a entrar num Chevette bege. O momento da abordagem foi registrado pela câmera de segurança de uma residência próxima ao local.

Várias buscas já foram feitas no bairro da Penha. O Portal dos Procurados divulgou nessa quinta-feira (28/07) o cartaz com a foto de Marcos Bruno Azevedo Carneiro Barbosa, o Bruno Lacraia.

Em 2015, Marcos Bruno tentou matar um homem no bairro da Penha, em Campos, sendo que o seu parceiro foi preso, mas ele conseguiu fugir.  Contra ele por esta tentativa de homicídio, foi expedido um mandado de prisão, pelo Juízo do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 1° Cartório da 1ª Vara Criminal/Campos de Goytacazes/RJ, pelo crime contido no artigo – Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º – CP), n/f do art. 14, II, CP.; Crime Tentado; Prisão Preventiva, com pedido de prisão preventiva, datado em 18/12/2015, mandado de prisão nº: 44585-71.2015.8.19.0014.0001. Em sua ficha criminal constam ainda anotações por: tráfico de drogas, homicídio e Lesão Corporal Culposa na Direção de Veículo Automotor.

Ele ainda teve passagem pelo sistema penitenciário, ingressando em 07/2013, saindo em novembro do mesmo ano, da Cadeia Pública Dalton Crespo de Castro.

Quem tiver qualquer informação a respeito de Marcos Bruno Azevedo Carneiro Barbosa, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pela página no Facebook ou pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177.

Todas as informações a respeito do caso serão repassadas a Deam de Campos, que está encarregada do inquérito policial do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *