O Hemocentro Regional de Campos, apesar dos recentes apelos presentes nas redes sociais, que resultaram no aumento do fluxo em momentos pontuais, ainda está tendo que suspender algumas cirurgias eletivas, ou seja, agendadas com antecedência. A maior carência no momento é dos tipos O e A negativos.

“A questão é que as pessoas vêm doar para um familiar ou conhecido e não retornam mais. Esta corrente pela vida não pode parar. Continuamos precisando de todos os tipos sanguíneos, em especial os de fator negativo. O ideal seriam 70 doações/dia para manter um estoque com um nível bom”, disse a assistente social do Hemocentro, Cristiane de Barros.

O hemocentro é o único serviço de hemoterapia em Campos e atende hospitais públicos e particulares de mais 16 municípios das Regiões Norte e Noroeste Fluminense e funciona diariamente, das 07h às 18h. Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto, ter peso superior a 50 Kg, idade entre 16 e 67 anos, não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas.

A faixa etária para doação de sangue foi ampliada. Podem doar jovens e adultos de 16 até 67 anos. Doadores com 16 e 17 anos devem preencher formulário próprio fornecido pelo Hemocentro Regional de Campos, com o consentimento formal do responsável legal para cada doação, e com cópia da identidade oficial do responsável anexada. Candidatos com idade superior a 60 anos só poderão doar se realizaram doações de sangue anteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *