cae5247072b493baa25c38879b3d8c68_390x293

Os guardas civis municipais afastados em 2008 ainda aguardam o recebimento dos direitos trabalhistas. A informação é do Silas da Costa Monteiro, que trabalhou na função por cinco anos, e realizou um ato na manhã deste sábado (8), na Praça São Salvador, no Centro de Campos, em homenagem aos ex-companheiros que faleceram antes de conseguir receber os direitos. De acordo com Silas, mais de dois mil guardas afastados ainda não conseguiram reaver seus direitos, pois não receberam rescisão contratual nem realizaram exame dimensional na época. O grupo formou uma associação que busca os direitos na justiça e já teria feito denúncia ao Ministério Público Federal e outros órgãos, segundo relatou Silas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *