Com salários atrasados, motoristas de ambulância deflagraram greve

Motoristas de ambulâncias da Prime, empresa prestadora de serviço responsável pelas ambulâncias da rede de Saúde de Campos, realizaram uma paralisação nesta manhã. Com isso, apenas 30% da frota de ambulâncias circularam neste sábado(2). A principal reivindicação é a regularização de três meses de atrasados e oito meses de vale alimentação. Segundo os motoristas, a partir de segunda-feira (4) a paralisação será por tempo indeterminado.

Os motoristas seguiram em passeata pelas ruas do Centro da cidade com objetivo de mostrar para população a realidade da categoria. “É um jogo de empurra-empurra. A empresa diz que a prefeitura não paga. Já a prefeitura diz que só deve um mês. E quem vai colocar comida na mesa das nossas casas, pois já estamos com três meses de salário atrasado”, disse um motorista, que, com medo de represálias, solicitou a preservação da sua identificação.

Segundo a Prime, a Prefeitura está devendo à empresa. Já a prefeitura informa que, existe apenas um processo de pagamento em curso.

Fonte: Campos24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *