Em entrevista a rádios, ela disse que esforço não é apenas em ano eleitoral.
Inflação fechou 2013 em 5,91%, superior ao registrado no ano anterior.

 

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (20) que o governo federal tem feito um “esforço enorme” para manter a inflação “o mais baixo possível”. Em entrevista a rádios de Minas Gerais, a chefe do Executivo disse ter uma preocupação permanente em preservar “fundamentos econômicos sólidos”, para garantir investimentos e políticas sociais. Em 2013, a inflação do país ficou em 5,91%, acima da taxa de 5,84% registrada em 2012. Apesar da aceleração, o índice ainda ficou dentro do teto da meta do Banco Central, que era de 6,5%.

“Tenho uma preocupação permanente com os fundamentos econômicos sólidos. Primeiro no que se refere à inflação. Se você acompanhar ao longo dos últimos anos, sempre foi assim. Temos feito um esforço enorme para manter a inflação o mais baixo possível”, disse Dilma.

A declaração foi dada após a presidente ter sido questionada, na entrevista às rádios mineiras, sobre qual seria o esforço do governo para conter a inflação em ano eleitoral. Segundo Dilma, esse empenho não é feito somente em ano de votação, mas em todos os anos.

A presidente reconheceu que a inflação em 2013 ficou acima do índice do ano anterior, mas destacou que, ainda assim, está dentro do intervalo da meta do governo.

“Estamos fazendo um esforço grande para fazer a inflação convergir para o centro da meta, e quero dizer o seguinte: essa é uma questão muito importante, porque, quanto mais o Brasil conseguir se aproximar do centro da meta, mais estável ele fica”, destacou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *