Google se une à Wikipédia e vai protestar contra SOPA

O Google anunciou hoje que vai se unir à Wikipédia e ao site de notícias sociais Reddit em um protesto planejado para essa quarta-feira (18/01). A gigante da web é mais uma das empresas que vão tentar conscientizar seus usuários sobre a proposta de lei americana Stop Online Piracy Act, que pode causar um estado de censura prévia na web.

          Google mobiliza causa contra lei de censura prévia na internet

A proposta, também conhecida como SOPA, vai fazer bem mais do que somente tentar impedir a pirataria. Com ela aprovada e em ação, empresas que atuam de alguma forma na internet terão de monitorar o que seus usuários publicam e serão diretamente responsáveis pelo conteúdo que eles disponibilizam, dentre outras coisas. A lei recebeu um forte lobby no congresso americano principalmente de representantes de grandes estúdios de filmes e música, que são os principais interessados na sua aprovação.

Para que os americanos entendam o perigo da proposta, caso seja aprovada, a versão em inglês da Wikipédia, o famoso e influente blog americano BoingBoing e a página principal do site Reddit ficarão fora do ar durante 12 horas nessa quarta-feira. O Google, por sua vez, planejou algo menos drástico para o protesto: vai mostrar um link na sua página inicial falando do SOPA e do por que ela é uma má ideia.

O Google não divulga quantos pageviews diários tem na sua página inicial, mas por ser o mecanismo de busca mais usado no planeta, é bem provável que o protesto tenha algum impacto. Já a Wikipédia em inglês tem estimados 25 milhões de pageviews diários, segundo a comScore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *