A Fundação Municipal de Esportes (FME), por meio do Projeto Paraesporte, iniciou nesta segunda-feira (28) os jogos internos de vôlei, na Associação de Proteção e Orientação aos Excepcionais (Apoe), reunindo cerca de 100 atletas. O Juramento do Atleta foi feito pelos alunos Jean Vitor e Marcelo de Souza de manhã e à tarde, respectivamente. Durante todo o dia, foram realizados 15 jogos.

— A realização dos jogos tem por objetivo incentivar as práticas esportivas entre as pessoas com deficiência, mostrando que são capazes de participarem das atividades esportivas dentro de suas potencialidades — destacou o coordenador do Paraesporte Fábio Coboski.

Fabio destacou ainda que a promoção desses eventos esportivos permite à equipe técnica descobrir talentos que venham integrar a equipe que irá representar o município em competições promovidas pelas Olimpíadas Especiais Brasil, Comitê Paraolímpico Brasileiro e da Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (ABDEM).

A coordenadora da Apoe, Cristina Ramos, ressalta que a parceira com a Fundação de Esportes é de suma importância para os alunos, que estão mais participativos.

— Competitivos, socializados e acima de tudo mais felizes. A autoestima deles melhorou e o reflexo desse crescimento já podemos registrar — completou Cristina.

O presidente da FME, Raphael Thuin, enfatiza que o esporte tem mudado a vida de muitas pessoas com deficiência em Campos.

— Toda semana eles participam de atividades esportivas ou até mesmo das atividades lúdicas como a dança, e isso é muito bom para o desenvolvimento de cada um. Além de permitir a inclusão social deles, melhoramos a autoestima. Temos acompanhado depoimentos dos pais que falam das mudanças que os filhos estão conquistando, e fazendo novas amizades. E esse é o nosso objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas — disse Thuin que é embaixador das Olimpíadas Especiais Brasil.

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *