Com a infra-estrutura simples, porém funcional, o maior problema são as galerias com escoamento difícil.

A tranquilidade reina no Parque Fazenda Grande, em Campos. Ainda confundido com outros bairros visinhos, como Turfe Clube e Tarcísio Miranda, até mesmo pelos próprios moradores, o lugar é considerado um refúgio para quem quer fugir da agitação do dia a dia, mesmo tão próximo à avenida 28 de Março, uma das mais movimentadas da cidade.

Quanto a Infra-estrutura, a população não tem muito que reclamar. Há escola por perto, A Escola Munincipal Maria Lúcio, creche, Unidade Básica de Saúde (UBS) e, agora, uma nova área de lazer está sendo construída para atender  o todos que residem no bairro e adjacências.

As ruas do bairro também são Calçadas, mas um problema pontual, de acordo com o aposentado Janilton Carvalho da Silva, 63 anos, diz respeito às galerias pluviais da rua Barão de Carapebus.

– Alguns pontos das ruas são mais baixos e as calçadas e quintais das residências sofrem em períodos chuvosos, com a invasão da àgua que não tem por onde escoar. Alguns moradores instalaram válvulas no ralo para impedir que a água chegue ao interior das residências, mas acho que deveria ser uma obrigação da Prefeitura, resolver os problemas das vias públicas, já que cada morador tem feito a sua parte, pagando os impostos – Disse Janilton.

Segundo ele, um ofício já foi enviado à auditoria da Prefeitura e também a câmara de Vereadores, mas até o momento, nada foi feito para acabar com as queixas.

O secretário Munincipal de Obras e Urbanismo, Edilson Peixoto, disse que não tinha o conhecimento sobre o mau funcionamento das galerias pluviais do bairro Parque Fazenda. Ele informou que, nos próximos dias, uma equipe irá até o local verificar a situação para dar início às obras de reforma, resolvendo, assim, o problema dos moradores.

 

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *