Cerca de 150 pais e alunos bloquearam a avenida Presidente Vargas.
A prefeitura de Campos se posicionou a respeito das reclamações.

Uma manhã de revolta em Campos dos Goytacazes. Cerca de 150 pessoas bloquearam a avenida Presidente Vargas, no bairro Pecuária, nesta quinta-feira (3), em protesto à falta de professores e estrutura em duas instituições de ensino municipais da cidade. Os Bombeiros foram acionados e controlaram as chamas. Apesar do bloqueio os motoristas conseguiam desviar do protesto por vias auxiliares.

Pais e alunos do Colégio Municipal 29 de Maio colocaram fogo em galhos e pneus, porque, de acordo com eles, falta professor e o mobiliário está completamente comprometido. Os responsáveis pelas crianças da Creche Irmã Zilda de Castro, disseram que não existem auxiliares e que há 15 dias não há aulas.

A secretaria municipal de Educação, através de nota, informou que já estão providenciando profissionais para substituir um professor de português e um professor de 5º ano. Em relação à falta de auxiliares, o secretário municipal de Administração e Gestão de Pessoas, Fábio Ribeiro, disse que na próxima segunda-feira (7), os profissionais serão encaminhados à creche.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *