Se preparando para o futuro, a secretaria de Educação e Cultura de São João da Barra promove quarta-feira (19), das 14h às 21h, no auditório municipal, o fórum de debates “Qualificação e Empregabilidade em São João da Barra”. Segundo a secretária da pasta promotora do evento, Leide Cristina Alves, o fórum tem por finalidade orientar os estudantes sobre as principais demandas do mercado de trabalho oferecidas no município. O evento tem com parceiros o Instituto Federal Fluminense (IFF), Fundação de Apoio às Escolas Técnicas (Faetec) e as empresas multinacionais Technip e Wartsila, que estão sendo implantadas no Porto do Açu e estão muito perto de entrarem em operação. A previsão que comecem a produzir ainda este mês.

De acordo com a secretária, o público alvo são os estudantes do Ensino Médio e Técnico, do 9º ano do Ensino Fundamental e dos cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) das instituições públicas e privadas, além de alunos do curso Pré-Técnico municipal.

Ela explicou que as empresas farão suas apresentações, demonstrando as perspectivas de empregabilidade e as instituições de ensino profissionalizante apresentando os cursos que dispõem e as novidades que estão por vir. “A Prefeitura de São João da Barra vem buscando articular com os diversos empreendimentos instalados no Condomínio Industrial do Porto do Açu, para que haja uma aproximação com as secretarias de governo, no intuito de trazer informações à população sanjoanense, para que a mesma venha se inserir neste processo”, salientou a secretaria de Educação.
Segundo Leide, representantes das empresas Technip e Wartsila ministrarão as palestras “O profissional desejado pelo mercado de trabalho” e “Atitudes para conquistar o mercado de trabalho”, respectivamente.

A secretária destacou que o município está tentando solucionar um dos seus grandes problemas: mão de obra especializada para atender a demanda das indústrias que estão chegando ao Porto do Açu. “Emprego tem e vai haver muito mais no futuro. Mas o grande gargalo é a mão de obra qualificada para atender às empresas. Elas preferem contratar trabalhadores da região e evitar de trazer mão de obra de fora. A Prefeitura de São João da Barra está investindo em parcerias com o IFF e a Faetec para solucionar este problema. Isso é uma das prioridades do prefeito José Amaro Martins. Neste fórum, as instituições de ensino vão mostrar os curso que dispõem e outros que vão ser implantados no município. A maioria deles para atender a demanda das empresas do Porto do Açu”, frisou Leide Cristina.

Planta industrial gera mais de 550 postos

A francesa Technip investe R$ 650 milhões na construção da unidade do Porto do Açu, que fornecerá equipamentos para a indústria de petróleo e gás, como tubos e dutos submarinos. A empresa, inclusive já assinou contrato com a Petrobras para o fornecimento de 100 quilômetros de dutos. A Technip já treinou 200 trabalhadores da região para o início das operações. Quando estiver a plena carga, a unidade vai gerar 550 empregos diretos.

Já a finlandesa Wartsila Brasil assinou contrato para instalação de uma planta de montagem e produção de grupos geradores e propulsores azimutal, no valor de R$ 400 milhões. Esta é a primeira unidade industrial brasileira, após décadas de atuação no Brasil. A empresa é líder global no fornecimento de motores e prestação de serviços para navios e usinas termelétricas. A previsão é que a planta gere 400 postos de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *