Empresa desenvolveu um ‘Nintendo DS’ de parede para distrair seus visitantes

A traquitana utiliza controles Arduino e está conectado a um PC. 

Veja a foto: House 4 Hacking.

Salas de espera podem ser entediantes e conseguir ficar ainda mais quando não se tem nada para fazer ou ler. Pensando em tornar a espera algo mais divertido e diferente, uma empresa colocou em sua recepção uma espécie Game Boy de parede.

A 21tanks, empresa com sede em Olivedale, na África do Sul, entrou em contato com Tobi Nortje, do House 4 Hacking, sobre a criação de algo bem diferente e dinâmico para sua sala de recepção, algo como um videogame.

E Nortje desenvolveu uma espécie de Nintendo DS de parede que possibilita aos visitantes da empresa um período de diversão jogando games retrô. Na verdade, o jogo é baseado nos avós do Game Boy e do DS, os joguinhos com telas de LCD que a Nintendo vendia nos anos 80, os Game & Watch. São joguinhos com uma tela de poucos elementos (nao uma tela de uso geral, como as TVs e telas de computador), com um jogo só. Nesses games, o jogador tem que correr para lá e para cá com um bonequinho, tentando agarrar ou se esquivar de objetos que caem do céu (ou que são atirados por algum malfeitor).

De acordo com o Hack a Day, Nortje colocou um monitor LCD de computador antigo (o site “chuta” que seja um Samsung de 16 polegadas) dentro de uma caixa de madeira desenhada como um Game & Watch e com botões parecidos com os originais, só que em tamanho maior (maiores até que os de máquinas de fliperama). Os botões não são A e B, como no GameBoy, mas Start e Jump (Iniciar e Pular, na tradução), como nos antigos Game & Watch.

Os botões estão ligados a uma placa de controle Arduino, que quando acionados enviam os comandos para um computador rodando Linux. O computador recebe esses comandos e um sisteminha em linguagem Python os “traduz” em teclas normais do teclado padrão PC. Os keypresses, por sua vez, são repassados a um navegador de internet rodando no mesmo PC, que roda os jogos “retrô” do site Pica Pic (pica-pic.com).

O Pica Pic contém todos os 59 Game & Watch lançados pela Nintendo nos anos 80 e vale a pena uma visita, mesmo que você não tenha um controle de parede em casa.

O site Hack a Day ainda faz um desafio: “… [o jogo] não é standalone, precisa de um computador para rodar o jogo e alimentar o monitor LCD. Adoramos como o negócio foi apresentado, mas esperamos que um dia alguém use um FPGA para a mesma função [, sem depender de um computador completo], com games selecionáveis.

A Geek opina: 1. Somos da mesma opinião do Hack a Day: um dispositivo que não dependesse de um computador seria ÜberGeek. 2. Não é bacana como um monitor de LCD de 16 polegadas já pode ser considerado um objeto “antigo”? 3. Queremos um!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *