A disputa pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campos continua a movimentar os bastidores do Legislativo campista. Otimismo e entusiasmo não faltam aos quatro postulantes ao cargo de presidente da Casa de leis: Marcão Gomes (Rede Suntentabilidade), Thiago Virgilio (PTC), Abdu Neme(PR) e Jorge Rangel(PTB).

Vereador mais bem votado na eleição de outubro, Marcão Gomes, com 5.552 votos, se apresentou desde o primeiro momento como candidato. Ele já Marcão disse contar com os votos da oposição, formada por Fred Machado (PPS), Abu (PPS), Paulo Genásio (PSC), José Carlos (PSDC), Igor Pereira (PSB) e Cláudio Andrade (PSDC). Segundo ainda Marcão, já conta com outros votos suficientes para a eleição.

Outro que aspira o cargo é Thiago Virgilio (PTC), da bancada governista, primeiro secretário da atual Mesa Diretora. Ele diz que a cada dia vem obtendo número maior de vereadores que lhe dão apoio e afirma que entra garantir os votos antes da disputa do final do ano.

Como presidente municipal do PTC, Virgilio conseguiu montar uma boa nominata, elegendo três vereadores— além dele, mais Linda Mara e Roberto Pinto.

Outra candidatura que tem sido trabalhada nos bastidores é a de Abdu Neme (PR), Há movimentações também em torno das possíveis candidaturas de Jorge Rangel (PTB) e José Carlos(PSDC).

O presidente da Câmara, vereador Edson Batista (PTB), no entanto, avalia que é cedo para considerar as candidaturas como fato consumado.

“Ainda falta mais de meses e meio para a eleição. Em política, esse tempo é enorme, muita coisa pode acontecer”, analisou.

A eleição para a presidência da Câmara ocorre no primeiro dia do ano de 2017, logo após a posse do futuro prefeito Rafael Diniz (PPS) e vereadores eleitos em outubro.

Dos 25 vereadores eleitos este ano, a Câmara conta hoje com 7 parlamentares da oposição e 18 da base de apoio ao atual governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *