Dia de finados

 

 

O projeto de Deus para o homem é um projeto de vida.

A morte não significa o fim de tudo.

Ao término da vida terrena do homem não está a morte,

o nada ,o fracasso, mas está a comunhão com Deus;

a realização plena do homem,

a felicidade definitiva, e a vida eterna!

No dia dos finados não podemos cair na tentação

de ficarmos presos à realidade da morte,

como se ela fosse a última palavra.

Cristo ressuscitou! Ele venceu a morte!

A morte é passagem para a vida eterna com Deus.

Sabemos que a partir da fé e de um olhar

profundo na Sagrada Escritura, a morte passou a ser o

momento privilegiado da liberdade humana e o

lugar por excelência da esperança cristã.

Celebremos o dia de Finados como a vitória

de Cristo sobre a morte!

O apóstolo Paulo afirma:

“Nós, porém, somos cidadãos dos céus.

É de lá que ansiosamente esperamos o Salvador,

o Senhor Jesus Cristo,que transformará nosso

mísero corpo,tornando-o semelhante ao seu

corpo glorioso, em virtude do poder que

tem de sujeitar a si toda criatura.”

(Fl 3,20-21)

Essa esperança é reforçada por Jesus:

“Eu sou a ressurreição e a vida.

Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.

E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá”.

(Jo 11,25-26a)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *