Mariana Ricci

O coordenador da Operação Lei Seca no Rio de Janeiro, Major Marco Andrade, anunciou na semana passada que, nesta semana, dez municípios do interior do Estado passarão a receber as ações de fiscalização. Apesar de ainda não ter sido notificado oficialmente sobre o assunto, o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente coronel Lúcio Flávio Baracho, informou que a corporação está preparada para a mobilização.

 
De acordo com o Major Andrade, nos municípios de Campos, Itaperuna, Macaé, Búzios, Araruama, Angra dos Reis, Resende, Barra Mansa e outros dois ainda não divulgados terão blitzen para amenizar o número de condutores alcoolizados. As ações vão ser realizadas em parcerias com as prefeituras, que entrarão com equipamentos como reboque.
O Major declarou ainda que as ações preventivas, de fiscalização e palestras que os agentes realizam nas estradas e bares têm ajudado para a diminuição no número de acidentes, principalmente no período entre 22h e 6h, quando há um grande movimento de veículos. Desde o lançamento da Operação Lei Seca, foram feitas 4.248 blitzen, que resultaram em 703.531 abordagens a motoristas.
Segundo o tenente coronel Baracho, as ações servirão para reduzir o número de acidentes envolvendo motoristas sob efeito de bebidas alcoólicas. “Precisamos de intervenções como esta, pois as colisões de veículos por conta do efeito do álcool nos condutores têm aumentado na região”, afirmou. O comandante lembrou, ainda, das últimas ações realizadas no ano passado durante eventos na cidade. “Tivemos um resultado muito bom nessas operações e apreendemos muitos infratores. Não estamos atuando ostensivamente porque ainda não temos equipamentos, adequados e habilitados pelo Inmetro, suficiente para agir dessa forma.

 

Acredito que com esse apoio, poderemos atuar mais para coibir esse tipo de infração”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *