A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,8% no trimestre móvel de maio a julho deste ano. Influenciado pelo aumento da informalidade no mercado de trabalho, o índice teve queda de 0,8 ponto percentual em relação ao trimestre móvel anterior. Já na comparação com o mesmo trimestre móvel em 2016, a taxa de desemprego cresceu 1,2 ponto percentual. As contratações por parte das prefeituras também contribuíram para a redução da taxa de desemprego.

Com o resultado, a população desocupada do país chegou a 13,3 milhões. O número representa uma queda de 721 mil pessoas diante do trimestre móvel anterior. Por outro lado, quando a comparação é feita com o mesmo trimestre móvel do ano passado, vemos um aumento de mais de 1,5 milhão de pessoas na população desocupada.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, a Pnad Contínua, divulgada nesta quinta-feira (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE).

Fonte: Folha da manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *