.

As queixas contra os principais bancos do País aumentaram 40%.

As queixas contra os principais bancos do País aumentaram 40% entre janeiro e junho comparado com o primeiro semestre de 2010. Neste primeiro semestre, a média mensal de reclamações foi de 790 ante 564 nos primeiros seis meses de 2010.

Segundo Paulo Artur Góis,  diretor do Procon, é fundamental prestar atenção na movimentação de conta corrente. A verificação da conta corrente é primordial para que os consumidores indentifique as cobranças indevidas, caso elas ocorram. As queixas contra conbrança indevida cresceu muito em 2011 e se tornou a principal reclamação contra os bancos. Vale ressaltar que identificada a cobrança, caso o banco não resolva, é extremamente importante buscar procurar o Procon e também o Banco Cental. O diretor do Procon, também reforçou que todo cliente tem direito a dois extratos gratuitos por mês, através dos quais, o consumidor pode identificar cobranças indevidas e tarifas que, muitas vezes, são referentes a serviços que ele sequer contratou ou solicitou. O banco deve ressarci-lo dessas cobranças.

O Banco Central como órgão regulador do setor pode, a partir das denuncias e reclamações dos consumidores, aperfeiçoar os instrumentos de regulação. Ou seja, as denúncias auxiliam o Banco Central na fiscalização se os bancos estão cumprindo as normas de funcionamento e os direitos dos consumidores, por isto são tão importantes as denúncias.

Os bancos sobrevivem devido a seus clientes, então é justo que todos recebam um serviço transparente e de qualidade. Assim, os consumidores que se sentirem lesados têm, não somente o direito, mas dever de exercer seus direitos, pois se os consumidores prejudicados agirem de forma passiva diante das irregularidades, os problemas continuarão.

Fonte: Bom Dia Brasil e Jornal da Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *