Corte de Gastos = Sem Reajuste Salarial

Mantega crê que os efeitos da crise vão se prolongar por dois anos e solicita corte de gasto

Assim como nas grandes economias, o Brasil tem o desafio de controlar os gastos públicos e ao mesmo tempo, o governo tenta estimular a economia com corte de impostos. As novas medidas anunciadas nesta terça (9) não são nada animadoras. De acordo o ministro Guido Mantega, os efeitos da crise internacional vão se prolongar por dois anos. É por isso que o governo pediu aos parlamentares que  evitem aprovar projetos que aumentem ainda mais os gastos, como por exemplo  reajuste de salário do judiciário.

A má notícia é que com o corte de gastos, será muito dificil que as categorias que estão na luta por reajustes  salarias (professores, bombeiros, policiais) consigam suas  reivindicações. Desde a noite de terça policiais e bombeiros estão acampados no Congresso. Eles querem salários maiores. O presidente da Câmara, deputado Marco Maia, disse que vai conversar com eles ainda nesta quarta (10). Agora, depois do apelo do ministro Mantega, vai ser difícil atendê-los.

Visite Sempre: http://fabriciolirio.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *