Das 100 melhores instituições do Estado nenhuma é da rede pública.

Saíram as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A participação dos alunos aumentou, as notas melhoraram um pouco, mas o resultado geral mostra que a educação pública no Brasil ainda está longe do ideal. Das 100 melhores escolas, apenas 13 são públicas, das quais quatro são militares. Ainda é muito grande a diferença de qualidade entre as escolas públicas e particulares. Trata-se de uma diferença que preocupa e assusta.

A lista do Enem deixa muito claro que a educação pública precisa de uma reforma. Quase tudo precisa mudar. Mais uma vez, as escolas particulares estão no topo da lista do exame. Não custa lembrar: o governo federal e os estados são os grandes responsáveis pela rede pública de educação.

O Ministério da Educação divulgou os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio de 2010. Com um predomínio das instituições particulares, nenhuma escola Municipal ou Estadual ficou entre as 100 primeiras do país. A diferença da avaliação este ano é que as Instituições de ensino foram subdivididas em quatro grupos, de acordo com a percentual de participação das 26.099 escolas na prova realizada em 2010:
– Grupo 1: de 75% a 100% (4.640 escolas);
– Grupo 2: de 50% a 74,9% (5.444 escolas);
– Grupo 3: de 25% a 49,9% (8.616 escolas);

– Grupo 4: de 2% a 24,9% (7.399 escolas).  – Escolas com menos de 2% de participação não foram consideradas.

O ranking das instituições foi estipulado dentro de cada um dos grupos. Outra novidade é que Escolas e Colégios que tiveram um número inferior a 10 participantes, não tiveram suas notas divulgadas.

GRUPO 01: DE 75% A 100% (4.640 ESCOLAS)
No primeiro grupo apenas uma escola pública do Norte e Noroeste Fluminense teve a participação registrada, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Bom Jesus do Itabapoana, que ficou ranqueado na 765ª posição, com 643,86 de nota. A média de nota neste grupo foi de 599,0.  Entre as escolas particulares, destaque para o Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora de Campos, com nota de 661,77, a instituição ficou na 392ª colocação do ranking.

GRUPO 2: DE 50% A 74,9% (5.444 ESCOLAS)
Nas Regiões Norte e Noroeste Fluminense, a instituição mais bem colocada foi o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Campos, com a nota de 646,29 o Instituto ficou na 149ª colocação da categoria, que teve como média a nota de 553,0.  Nesta categoria o destaque do Noroeste é o 818º lugar do Colégio Estadual Jaime Queiroz de Souza, de Itaocara, que teve uma nota final de 598,25.  Entre as escolas que tiveram as notas divulgadas, a pior colocada é o Colégio Estadual Pedro Cerqueira, de São Francisco de Itabapoana. O Colégio ficou no 4495º lugar com uma nota de 489,69. Entre as instituições que não atingiram o número mínimo de participantes, o Colégio do Sana, de Macaé foi o que teve a pior colocação, ficando na 4881ª colocação. Entre as escolas particulares o destaque foi o Externato Campista, que ficou no 171º lugar, com a nota de 646,84.

GRUPO 3: DE 25% A 49,9% (8.616 ESCOLAS)
Nesta categoria a escola mais bem colocada no Norte do Estado foi o Colégio Estadual João Coelho da silva, de São João da Barra. A escola ficou em 248º lugar com a nota de 596,71. A média da categoria foi de 528,9. Em Campos dos Goytacazes, a melhor foi o Instituto de Educação Professor Aldo Muylaert, em 838º lugar com a nota de 563,61.  Dentre as escolas que tiveram as notas divulgadas nesta categoria, a que teve pior desempenho foi o Colégio Estadual Doutor Máximo de Azevedo, em 7014° lugar, com 472 de nota.

Já entre as escolas que tiveram menos de 10 participantes e por isso não tiveram as notas divulgadas, a que ficou na pior colocação foi a Escola Técnica Estadual Antônio Sarlo, de Campos dos Goytacazes, que ficou no 7508º lugar.  Entre as escolas privadas, apenas o Jardim de Infância Tia Jô e Colégio São Tarcísio ficou nesta categoria, mas não teve a nota divulgada por também ter menos de 10 participantes no Exame. A posição da instituição foi o 8106º lugar.

GRUPO 4: DE 2% A 24,9% (7.399 ESCOLAS)
No grupo de menor participação no Exame Nacional do Ensino Médio, o Colégio Estadual Francisco de Salles, de Campos, teve nota 615,59, ficando em 14° lugar no ranking da categoria, que teve média de 517,3. Nesta mesma categoria a Escola Estadual Irene Meirelles, de Macaé, ficou na 31ª posição com a nota de 594,27.  Dentre as escolas com as notas divulgadas, o que ficou com a pior colocação no grupo foi o Colégio Estadual Almirante Barroso de Campos, no 2804º lugar com uma nota de 484,15. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Macaé ficou em 5083, mas a nota não foi divulgada porque a Instituição teve menos que dez participantes nas provas do Enem. Nenhuma escola privada do Norte ou do Noroeste Fluminense esteve nesta categoria.

DESEMPENHO
O desempenho dos alunos melhorou em relação ao Enem anterior. A nota média geral das escolas subiu de 501,58 em 2009 para 511,21 em 2010 e a participação dos alunos que concluíram o ensino médio regular no ano anterior passou de 45,8% em 2009 para 56,4% em 2010.  A participação no Enem dos alunos que concluíram o ensino médio regular aumentou de 45,8% em 2009 para 56,4% em 2010.

O ENEM
O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado pelo Ministério da Educação em 1998 para avaliar os estudantes que concluíam o ensino médio. Em 2009 o exame foi reformulado e passou a ser usado como processo seletivo para instituições de ensino superior.  Em 2010, 4.626.094 estudantes fizeram o Enem. O exame foi composto por redação e provas objetivas em quatro áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemáticas e suas tecnologias. A próxima edição do Enem será realizada nos dias 22 e 23 de outubro deste ano, mais de 5,3 milhões de estudantes se inscreveram para as provas.

VEJA A LISTA COMPLETA.                                                     VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *